Você não viu a Libertadores?

bahia x corinthians
Mas viu Bahia x Corinthians

Deu o tal do 7 x 1, a Alemanha mandou o tabu de europeus não vencerem copas nas Américas pro espaço. Voltou o Brasileirão e vieram as finais da Libertadores, entre Nacional do Paraguai e San Lorenzo, hoje mais conhecido como time do Papa. Se você não é nenhum fanático por futebol, é bem possível que você não faça a menor idéia disso, você estava vendo Bahia x Corinthians ou alguma outra coisa no SBT, na Record etc.

Você deve se lembrar da final da Champions League desse ano, entre os dois times de Madrid, que aconteceu no Estádio da Luz, em Lisboa, muito mais longe que Assunção ou Buenos Aires. Se você não quis ver o jogo, lembra do que você teve que fazer pra fugir do evento e não ver a final do maior torneio de clubes do mundo.

A diferença entre um jogo e outro (cabe esse parênteses aqui: não vou entrar no mérito técnico de que são os melhores jogadores do mundo) é a forma que a Uefa trata a Champions e a Conmebol maltrata a Libertadores.

Por contrato, quem compra os direitos da Liga dos Campeões é obrigado a garantir a transmissão de todas as rodadas e nela própria, passar as semifinais e a final, seja Bayern x Barcelona ou Bate Borisov x Apoel, vai passar e vai mandar o Luciano Huck pro inferno no dia. Além de não ser permitido que nenhum dos filiados organizem jogos de primeira divisão ou copa nacional na mesma hora de jogos, organiza as grades, inclusive dirigindo os sorteios de grupos.

A Conmebol, com sua visão de negócios além de seu tempo, não consegue terminar antes da Copa do Mundo, para tudo por dois meses, faz a final da Recopa ao mesmo tempo de uma das semifinais da Libertadores (ano passado o primeiro jogo da final desta e o segundo daquela, aconteciam AO MESMO TEMPO). Vende os direitos de transmissão e permite que a detentora dos direitos sente em cima do jogo e esconda solenemente do seu público, caso não tenha como o telespectador “torcer pelos brasileiros”.

O futebol brasileiro precisa mudar muita coisa e melhorar o nível técnico pra ontem, o Cabeçudo e o Vida Feita já falaram disso aqui e boa parte disso passa por melhorar o futebol na vizinhança e a Libertadores deveria fazer parte disso tudo. Mas ninguém viu a Libertadores mesmo.

Ah! O jogo foi emocionante como toda boa libertadores deve ser, com o San Lorenzo abrindo o placar e um empate heróico do Nacional Querido segundos antes do apito final. Talvez passem os gols amanhã no programa esportivo do apresentador zé-graça.

, , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *