VITÓRIAS DE PORTUGAL E MÉXICO PELA SEGUNDA RODADA

Na primeira partida desta quarta-feira (21), no Estádio de Spartak, pelo Grupo A, Portugal após o empate na estreia contra o México onde sofreu o gol nos acréscimos conseguiu uma boa vitória frente a Rússia, e ficou em situação tranquila na competição.

Os português começaram pressionando e logo aos 7 minutos do primeiro tempo abriu o placar.

Raphaël Guerreiro fez o cruzamento na cabeça de Cristiano Ronaldo que não perdoou.

Portugal 1 a 0.

Na primeira etapa Portugal ficou com mais de 62% de posse de bola e teve chances de ampliar o placar.

A Rússia só chegou com perigo aos 41 minutos do primeiro tempo, com Smolov que concluiu para fora do gol.

Nos acréscimos, Cristiano Ronaldo assustou o goleiro russo Akinfeev em um belo chute que passou perto.

No segundo tempo, Portugal começou atacando e André Silva fez o goleiro Akinfeev trabalhar.

Bernardo Silva e Cédric quase marcaram o segundo gol de Portugal em jogadas de contra-ataque.

A Rússia após os 15 minutos fez uma pressão na busca pelo empate.

E no final, os 42.749 torcedores em maioria russa não viraram sua seleção conseguir o empate.

Cristiano Ronaldo também deu um belo exemplo antes de a bola rolar.

Entrou no gramado com Polina Khaeredinova, de apenas dez anos.

Por conta de um problema na medula, ela precisa de uma cadeira de rodas para se locomover.

E ficou muito feliz com o encontro em Moscou.

Final, Rússia 0 Portugal 1.

No outro confrontos deste grupo, no Estádio Olímpico de Sochi, México e Nova Zelândia se enfrentaram.

Os mexicanos vieram com oito jogadores

E o time do México não se encontrou na primeira etapa.

A Nova Zelândia teve duas chances claras com Wood.

E em uma delas conseguiu marcar.

Aos 41 minutos do primeiro tempo, Néstor Araujo afastou mal, Lewis tocou de primeira e deixou Wood na cara do gol para chutar forte e fazer 1 a 0.

Os neozelandeses voltaram a marcar em jogos de Copa das Confederações após 5 partidas, foi em 2003 contra a Colômbia, quando foi derrotado por 3 a 1.

Nova Zelândia 1 a 0.

No segundo tempo, os Mexicanos voltaram com outra postura.

E depois de três tentativas, conseguiu o empate.

Aos 9 minutos do segundo tempo, Aquino deu uma caneta em Ingham, avançou e tocou em Fabián, que rolou na medida para Raúl Jiménez girar na entrada da área e soltar uma pancada para fazer belo gol.

Jogo empatado em 1 a 1.

As duas seleções buscaram o segundo gol.

O México atacava e a Nova Zelândia era mais perigosas nas investidas pelas laterais.

E a virada mexicana começou numa roubada de Diego Reyes no campo de defesa.

Os jogadores da Nova Zelândia reclamaram de falta.

A arbitragem mandou seguir o lance.

Reyes fez o lançamento para Aquino que invadiu a área passou pela marcação e tocou em Oribe Pralta que chutou de primeira sem chances para o goleiro Marinovic.

México 2 a 1.

A Nova Zelândia assustou com um chute de Thomas que acertou o travessão do goleiro Talavera.

O México teve uma grande chance de fazer o terceiro.

A zaga da Nova Zelândia se complicou, Aquino recuperou a bola e tocou em Raúl Jiménez que dominou na grande área escolheu o canto e em cima da linha Smith salvou.

Diego Reyes agarrou a camisa de Boxall, que depois deu um carrinho forte em Herrera, e vários jogadores dos dois times trocam empurrões, cabeçadas e tapas.

Diego Reys e Boxell receberam cartão amarelo pela confusão.

E aos 53 minutos do segundo tempo, o árbitro encerrou o jogo.

Com o resultado a Nova Zelândia esta eliminada.

Javier Aquino eleito o melhor em campo.

Fez a diferença para o México.

Final, México 2 Nova Zelândia 1.

Nesta quinta-feira (22), tem a segunda rodada do Grupo B, confira os confrontos:

Na Arena Zenit, às 12 horas (horário de Brasília), Camarões X Austrália.

Na Arena Kazan, às 15 horas (horário de Brasília), Alemanha X Chile.

No sábado (24), o Grupo A será definido a colocação final, com as duas seleções classificadas.

México X Rússia, na Arena Kazan, às 12 horas (horário de Brasília).

Nova Zelândia X Portugal, na Arena Zenit, às 12 horas (horário de Brasília).

Classificação do Grupo A:

1 – México: 4 pontos 1 de saldo e 4 gols marcados

2 – Portugal: 4 pontos 1 de saldo e 3 gols marcados

3 – Rússia: 3 pontos

4 – Nova Zelândia: 0 pontos

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *