VITÓRIAS BRASILEIRAS

Começou na noite desta quarta-feira (1), a Taça Libertadores da América de 2017, para as equipes brasileiras.

Tanto Botafogo, quanto o Atlético-PR venceram, mas levaram vantagens diferentes para o jogo da volta.

Jogando no Engenhão, o Botafogo venceu o Colo Colo pelo placar de 2 a 1.

O time da Estrela Solitária fez um grande primeiro tempo, e o torcedor reconheceu o empenho.

Abriu dois a zero, e poderia ter sido um placar maior.

Aos 29 minutos do primeiro tempo, o volante Airton dominou no peito e de fora da área acertou um belo chute no canto do goleiro Villar.

Botafogo 2 a 0.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, Montillo recebeu na área e chutou cruzado.

Pimpão chegou de carrinho na dividida, a bola bateu em Esteban Pavez e foi direto para o gol.

O chamado gol contra.

Botafogo 2 a 0.

A vitória parecia tranquila, mas no segundo tempo o time chileno voltou com uma postura diferente.

E aos 6 minutos do segundo tempo, Esteban Paredes recebeu na área e chutou cruzado.

A bola desviou no calcanhar de Emerson Silva e entrou no cantinho do goleiro Gatito Fernández.

O Colo Colo descontou.

Após sofrer o gol, o Botafogo recuou e por pouco os chilenos não empataram o jogo.

Com a vitória por 2 a 1, o Botafogo leva uma vantagem pequena, mas jogará pelo empate na próxima quarta-feira (8), às 21h45 (de Brasília), no Estádio Monumental, em Santiago, para passar para a última fase da Pré-Libertadores.

Derrota por 1 a 0, porém, favorece os chilenos.

Antes de decidir sua vida na América do Sul, o Alvinegro volta a campo pelo Campeonato Carioca: neste sábado (4), recebe o Macaé às 19h30 no Nilton Santos, provavelmente com time reserva.

Final, Botafogo-RJ (Brasil) 2 Colo Colo (Chile) 1.

Outro brasileiro que entrou em campo foi o Atlético-PR que jogando na Arena da Baixada, em Curitiba contra o Millonarios da Colômbia.

Depois de um primeiro tempo intenso, o Millonarios teve mais oportunidades de sair na frente do placar.

Maxi Rodríguez e Del Valle deram muito trabalho ao goleiro Weverton.

O atacante Grafite passou em branco na etapa inicial.

A bola não chegava.

Logo do início do segundo tempo, Pablo recebeu na área e foi derrubado.

O passe veio por baixo e o atacante estava dominando quando recebeu a falta clara do defensor colombiano.

Aos 8 minutos do segundo tempo, Grafite cobrou rasteiro no canto esquerdo e o goleiro Vikonis ainda foi na bola.

E o Atlético-PR abriu o placar em 1 a 0.

O Atlético-PR leva a vantagem para Bogotá, na próxima quarta-feira (8), às 21h45 no El Campín.

Quem passar enfrenta o vencedor de Deportivo Capiatá, do Paraguai, e Universitario, do Peru, na terceira fase.

Com o resultado, o Furacão leva a vantagem para a Colômbia.

Garante a vaga se vencer, empatar ou até se perder por um gol de diferença, desde que balance as redes (derrotas por 2 a 1 ou 3 a 2, por exemplo).

Final, Atlético-PR (Brasil) 1 Millonarios (Colômbia) 0.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *