Vitória do Palmeiras

Depois de uma semana inteira para treinar, trabalhar alternativas e esquecer a derrota no clássico contra o Corinthians, o Palmeiras mostrou a reação que a torcida esperava, jogou bem e venceu o Bragantino por 2 a 0, na noite desta segunda-feira (11), no Pacaembu, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Dudu, após boa jogada trabalhada, e Gustavo Scarpa, de pênalti, fizeram os gols da noite , a torcida presente no estádio ficou satisfeita com o que viu.

A vitória leva o Palmeiras aos 13 pontos, retomando a liderança do Grupo B da competição, o Novorizontino, que venceu o Corinthians no domingo (10), tem 11 pontos.

O Bragantino, mesmo com a derrota, ainda é segundo colocado no Grupo C, com oito pontos, atrás da Ferroviária e à frente do próprio Corinthians.

A equipe de Luiz Felipe Scolari mostrou logo no início do jogo que não ficaria apenas nas bolas longas e cruzamentos.

O gol de Dudu nasceu após boa jogada de Felipe Pires e um passe preciso de Moisés, o camisa 7 só deu um tapa para o gol.

Scarpa também teve boa atuação e foi premiado com o gol de pênalti.

Moisés teve ótima atuação e volta a ser alternativa. Felipe Pires, na velocidade e no drible, parece superar Carlos Eduardo na briga por uma vaga no time.

O Palmeiras, aos poucos, vai se arrumando na temporada, e tem tempo para isso, já que só estreia na Taça Libertadores da América no dia 6 de março, contra o Junior Barranquilla.

Palmeiras começou o primeiro tempo muito bem e abriu o placar logo aos 7 minutos do primeiro tempo.

No primeiro contra-ataque do time, Felipe Pires arrancou na direita, tocou para Moisés no meio, que enfiou para Dudu marcar.

Depois do primeiro gol o Bragantino continuou atrás, mas após o segundo do Verdão, de Scarpa, de pênalti, aos 28 minutos do primeiro tempo, teve que pressionar o adversário.

O time de Felipão controlou a primeira etapa.

O Palmeiras diminuiu o ritmo e sofreu com as jogadas duras do Bragantino, que fez muitas faltas e irritou a equipe da casa.

Ainda assim, houve chances de gol com Moisés, em chute bem defendido por Alex Alves, e Felipe Pires, em finalização cruzada para fora.

Borja tentou fazer o dele, mas esbarrou na falta de pontaria ao tentar aproveitar rebote do goleiro rival.

Lucas Lima, Bruno Henrique e Carlos Eduardo entraram e ganharam minutos de jogo.

O Palmeiras volta a campo só no próximo domingo (17), às 17 horas (horário de Brasília), contra a Ferroviária, em Araraquara, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Um dia antes, no sábado (16), o Bragantino enfrenta o São Caetano, no ABC paulista, às 16h30 (horário de Brasília).

Pelotas e Novo Hamburgo têm atuações apagadas e ficam no 0 a 0, na Boca do Lobo.

Jogo foi marcado por uma interrupção de 43 minutos, devido à queda de energia elétrica no segundo tempo.

O empate em 0 a 0 entre Pelotas e Novo Hamburgo, na Boca do Lobo, se divide em “antes do apagão” e “depois do apagão”.

Antes, no primeiro tempo, jogo equilibrado com ambas as defesas se destacando.

Depois, no segundo, após queda de energia elétrica que durou 43 minutos, as equipes esfriaram e não conseguiram criar muitas chances de gol.

Assim, o menor empate possível representou bem a noite que fechou a sexta rodada.

Estrela do Norte tem gol anulado nos acréscimos e o Real Noroeste vence no Sumaré.

Merengues Capixabas assumem a liderança isolada do Campeonato Capixaba 2019 e seguem com 100% de aproveitamento.

Time de Cachoeiro de Itapemirim reclama muito da arbitragem após perder a invencibilidade na competição.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *