VITÓRIA DO ALÍVIO

Jogo sofrido, pressão da torcida, sofrimento.

A partida desta quinta-feira (16), era válida pela terceira rodada do Campeonato Paulista, mas teve cenário de confronto decisivo.

O Palmeiras venceu o São Bernardo por 2 a 0 na arena do Verdão e aliviou o clima hostil para o técnico Eduardo Baptista.

Dudu, autor do primeiro gol do jogo, não comemorou o próprio tento assim que a bola balançou a rede.

Junto do restante do elenco, se dirigiu ao banco de reservas, onde todos cercaram o treinador para comemorar. Uma espécie de resposta à principal torcida organizada do clube, que gritou o nome de Cuca e críticas direcionadas ao atual comandante.

Jean, de pênalti, completou o placar.

Aos 19 minutos do segundo tempo, Jean recebeu ótimo passe de Moisés e, do lado direito, cruzou a bola pela área, que encontrou Dudu apenas para o toque final.

O atacante não comemorou o gol e tomou um chacoalhão de Felipe Melo.

Palmeiras 1 a 0.

Aos 32 minutos do segundo tempo, após pênalti polêmico marcado sobre Dudu, Jean fez a cobrança no canto esquerdo do goleiro Daniel e fechou o placar na arena alviverde.

Final, Palmeiras-SP 2 São Bernardo-SP 0.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *