VITÓRIA DE BOTTAS

Um passeio no deserto para Valtteri Bottas, assim pode ser definido o GP de Abu Dhabi.

Saindo da pole position, o finlandês da Mercedes manteve a ponta na largada e não perdeu mais.

Com 3s899 de vantagem para Lewis Hamilton, Bottas recebeu a quadriculada para a terceira vitória dele na carreira, porém, não suficiente para assumir o segundo lugar no campeonato.

O inglês tetracampeão mundial bem que tentou superar o companheiro de equipe, mas errou e teve que se contentar com a segunda colocação.

Fazendo uma corrida solitária, Sebastian Vettel foi para cima de Hamilton na largada, fritou os pneus na curva 1 e não conseguiu a ultrapassagem.

Recebendo a bandeirada em terceiro, o alemão da Ferrari confirmou o vice-campeonato da Fórmula 1, o segundo na carreira.

Kimi Raikkonen também teve uma corrida tranquila, pouco ameaçado por Max Verstappen, cruzou a linha de chegada em quarto, logo à frente do holandês da RBR.

Mesmo punido por ter cortado a pista na primeira volta, Nico Hulkenberg fez grande prova com a Renault e fechou em sexto.

Na disputa interna da Force India, melhor para Sérgio Pérez, que largou na frente de Esteban Ocon, e manteve a sétima posição por todo o GP.

Atrás do francês, Fernando Alonso superou Felipe Massa na estratégia de pit stops, após os dois terem travado uma intensa batalha no início da prova.

Em décimo, o brasileiro encerrou sua carreira na Fórmula 1 marcando mais um ponto, somando 43 no campeonato, três a mais que o companheiro de equipe Lance Stroll.

O canadense, inclusive, foi o último colocado na corrida.

Luzes apagadas, largada limpa em Abu Dhabi. Bottas manteve a ponta, protegido por Hamilton, enquanto Vettel fritava os pneus tentando a ultrapassagem.

Alonso conseguiu superar Massa, mas o brasileiro, ainda na primeira volta, deu o troco em “X” no espanhol da McLaren.

Logo à frente dos dois, batalha entre a dupla da Force India e o alemão Nico Hulkenberg.

Depois de ser superado pelos carros indianos, o piloto da Renault acabou se atrapalhando, passando reto em uma curva, mantendo a sétima colocação.

Hulk não passou ileso, sendo punido em 5s pela direção de prova.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *