VITÓRIA BRASILEIRA

Com muitos espaços no campo de ataque, velocidade e a qualidade habitual de seus principais craques, o Brasil precisou só do primeiro tempo para vencer o Japão por 3 a 1, em Lille.

Neymar, num pênalti marcado pelo árbitro de vídeo, Marcelo, de pé direito, e Gabriel Jesus, em cruzamento de Danilo que arrancou aplausos de Tite pela ultrapassagem rápida, marcaram.

O técnico aproveitou a etapa final para observar jogadores que disputam as últimas vagas para a Copa do Mundo.

O desentrosamento acabou com o futebol vistoso dos 45 minutos iniciais, e Cássio, em sua estreia no gol brasileiro, levou um gol de cabeça de Makino, que superou Jemerson na disputa pelo alto.

Nicolas Rainville e seu auxiliar Amaury Delerue foram protagonistas.

No primeiro jogo da seleção brasileira com árbitros de vídeo, eles viram Yoshida agarrar Fernandinho na área e avisaram o compatriota francês Benoit Bastien, que deu pênalti.

Neymar bateu e abriu o placar.

Minutos depois, Bastien nem precisou de ajuda para ver outro pênalti em Gabriel Jesus.

Dessa vez, Kawashima defendeu a cobrança do camisa 10.

Mas logo na sequência, Marcelo acertou um chutaço com seu pé “ruim”, o direito, e ampliou.

Com a mesma naturalidade que o Brasil fez todo o resto: desarmes, contra-ataques, trocas de passes, e o terceiro gol, num cruzamento de Danilo para Gabriel Jesus.

Dessa vez, o VAR ajudou o árbitro a dar cartão amarelo para Neymar, e nada muito mais emocionante aconteceu no campo de ataque brasileiro, além disso.

Tite observou outros jogadores que buscam uma vaga na Copa: Cássio, Alex Sandro, Taison, Douglas Costa e Diego Souza.

O goleiro não conseguiu chegar na cabeçada de Makino, que venceu Jemerson pelo alto.

O desentrosamento custou o bom futebol da primeira etapa.

O jogo se arrastou no ritmo dos gritos de poucos japoneses nas cadeiras do belo estádio Pierre Mauroy: sonolentos.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *