VISITANTES INDIGESTOS

Os visitantes levaram a melhor nos jogos da Série A iniciados às 16 horas deste domingo (18).

Em Salvador, o Palmeiras venceu por 4 a 2 e tirou os 100% de aproveitamento do Bahia como mandante.

Em Chapecó, o Botafogo foi cirúrgico e despachou a Chapecoense por 2 a 0.

Já na capital paulista, o Atlético-MG superou o São Paulo por 2 a 1.

No Rio de Janeiro, o clássico carioca entre Fluminense e Flamengo terminou empatado em 2 a 2.

No Maracanã, o Fluminense saiu na frente do Flamengo no clássico carioca.

Ainda no primeiro tempo, aos 36 minutos, Wendel invadiu a área, recebeu lançamento de Gustavo Scarpa e finalizou na trave.

No rebote, o volante tricolor foi mais rápido que o goleiro Thiago e completou para o gol, 1 a 0.

O Rubro-negro reagiu na etapa final e empatou com Diego aos nove minutos.

Após bate-rebate na área, o apoiador dominou no peito e bateu rasteiro para deixar tudo igual, 1 a 1.

Aos 35 minutos do segundo tempo, Richarlison foi derrubado na área.

Artilheiro do Brasileirão, Henrique Dourado cobrou pênalti no canto recolocou o tricolor em vantagem, 2 a 1.

No apagar das luzes, Trauco arriscou de longa distância e evitou a derrota rubro-negra.

Fim de jogo: 2 a 2.

Na Arena Fonte Nova, o Palmeiras abriu o placar, aos 17 minutos do primeiro tempo, de pênaltis.

Róger Guedes cobrou no canto direito de Jean e fez 1 a 0.

Antes do intervalo, aos 44 minutos do primeiro tempo, o Bahia insistiu e, após duas defesas de Fernando Prass, Vinícius empurrou para o fundo das redes e empatou, 1 a 1.

O Verdão voltou a liderar o marcador na etapa final.

Aos 3 minutos do segundo tempo, Keno soltou a bomba de fora da área e fez 2 a 1.

Aos 37 minutos do segundo tempo, Yerry Mina deixou o dele e ampliou a vantagem paulista para 3 a 1.

O Bahia descontou com João Paulo aos 39 minutos do segundo tempo, mas não conseguiu evitar a primeira derrota como mandante.

Nos acréscimos, Willian fez o quarto do Palmeiras e fechou o marcador, 4 a 2.

Na Arena Condá, o Botafogo venceu a Chapecoense com um gol em cada tempo.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Roger recebeu de Bruno Silva e, sozinho, empurrou para a rede vazia, 1 a 0.

Na volta do intervalo, aos 8 minutos do segundo tempo, Rodrigo Pimpão fechou o marcador.

Após cruzamento de Arnaldo, Pimpão aproveitou a furada do zagueiro Luiz Otávio e ampliou para o Alvinegro: 2 a 0.

Com gol logo no início, o Atlético-MG largou na frente do São Paulo no Morumbi.

Aos 8 minutos do primeiro tempo, Cazares recebeu de Robinho e arriscou de fora da área para abrir o placar, 1 a 0.

O Tricolor empatou na segunda etapa com um gol relâmpago.

Logo no primeiro minuto, Junior Tavares achou Marcinho na área, que girou e finalizou rasteiro para deixar tudo igual, 1 a 1.

Aos 35 minutos do segundo tempo, Rafael Moura aproveitou falha da zaga paulista e garantiu o triunfo mineiro por 2 a 1.

O Leão da Barra rugiu mais alto na Ilha do Retiro neste domingo (18).

Pela oitava rodada do Brasileirão, o Vitória levou a melhor no duelo de rubro-negros contra o Sport em Recife.

Os baianos não só venceram os pernambucanos por 3 a 1, como deixaram a zona de rebaixamento e empurraram os adversários para o Z-4.

As duas equipes somam oito pontos cada.

Mesmo jogando fora de casa, o Vitória não se intimidou e abriu 2 a 0 de frente com Uillian Correia e Kanu.

Após assimilar o golpe, o Sport conseguiu descontar no final da primeira etapa com Diego Souza.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, o meia se jogou para alcançar a bola desviada por Durval e matou o goleiro Fernando Miguel, 2 a 1.

No segundo tempo, o Sport tentou aproveitar o bom momento para emplacar uma pressão inicial, mas o Vitória segurou as investidas pernambucanas.

Com o passar do tempo, o duelo ficou franco e, aos 33 minutos do segundo tempo, André Lima sacramentou a vitória baiana.

Após cruzamento de Cleiton Xavier, o experiente atacante só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. Fim de papo: 3 a 1.

A rodada se encerra com mais um jogo na segunda (19) campeã.

Às 20 horas, o Cruzeiro recebe o Grêmio no Mineirão, em Belo Horizonte.

Reportagem: Cbf.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *