VETTEL VENCEU O GP DA HUNGRIA DE PONTA A PONTA

Sebastian Vettel mostrou neste domingo (30) que está mais vivo do que nunca na briga pelo pentacampeonato da Fórmula 1.

Partindo da pole position, o alemão soube administrar o desgaste dos pneus, contou com a presença de Kimi Raikkonen como escudeiro para segurar Lewis Hamilton, e venceu o GP da Hungria pela segunda vez na carreira.

O inglês da Mercedes, por sua vez, não conseguiu superar as Ferrari e teve que se contentar com o quarto lugar na corrida, após devolver a posição ao companheiro Valtteri Bottas na última volta.

O alemão agora tem 202 pontos na liderança da tabela, com Hamilton 14 pontos atrás.

Atrás das duas Mercedes ficou Max Verstappen, que chegou a liderar a prova, mas teve que pagar uma punição de 10s por ter batido no companheiro de equipe Daniel Ricciardo na primeira volta da corrida.

Destaque para a impressionante prova de Fernando Alonso, sexto colocado com a McLaren, após travar grande batalha com Carlos Sainz Jr da STR, o sétimo.

Na sequência veio a dupla da Force India, com Sergio Pérez em oitavo e Esteban Ocon em nono. Stoffel Vandoorne completou o Top 10, marcando seu primeiro ponto na temporada.

A Fórmula 1 volta daqui a um mês, em Spa-Francorchamps, com o GP da Bélgica.

O primeiro treino livre será no dia 25 de agosto às 5 horas (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV 2.

A prova será realizada na manhã de domingo, 27 de agosto, às 9 horas, com transmissão ao vivo da TV Globo.

Classificação de Pilotos:

1 – Sebastian Vettel (Alemanha): 202 pontos

2 – Lewis Hamilton (Inglaterra): 188 pontos

3 – Valtteri Bottas (Finlândia): 169 pontos

Classificação de Construtores:

1 – Mercedes: 357 pontos

2 – Ferrari: 312 pontos

3 – RBR: 184 pontos

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *