VASCO PERTO DA SÉRIE A; E DRAGÃO CAMPEÃO

O Vasco conseguiu enfim vencer na Série B depois de três jogos, sem sentir aquele gostinho de um triunfo.

Jogando em Bragança Paulista, o Cruzmaltino passou pelos donos da casa na raça.

Thalles e Nenê marcaram e afundaram o Braga na zona de rebaixamento.

O Vasco ainda teve um gol mal anulado pela arbitragem.

Nenê deu um passe de trivela para Madson que estava em posição legal, ajeitou para Thalles marcar.

Mas, o assistente dois assinalou impedimento, que não estava.

Aos 38 minutos do primeiro tempo, Nenê cobrou o escanteio para a área.

Thalles subiu mais que a defesa do Braga para marcar.

Vasco 1 a 0.

O árbitro marcou empurrão de Madson em Lucas Rocha na área após cobrança de falta.

Muita reclamação dos jogadores do Vasco.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, Rafael Grampola cobrou no canto direito do goleiro Jordi que chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol.

No segundo tempo, o Vasco voltou com a mesma postura do início de jogo.

Depois da cobrança de lateral, Thalles dominou e no giro foi derrubado por Fabiano.

Pênalti agora em favor do Vasco.

Nenê cobrou e marcou.

Bola para um lado goleiro para o outro.

Vasco 2 a 1, aos 8 minutos do segundo tempo.

Nenê voltou a balançar as redes após 11 jogos.

Restam duas rodadas para o fim da Série B do Brasileiro.

No próximo sábado (19), o Vasco enfrenta o Criciúma em Santa Catarina, no Estádio Heriberto Hülse, às 16h30.

Na rodada final, no dia 26, o adversário será o Ceará em São Januário ou no Maracanã.

O time carioca tem 62 pontos e está com cinco de vantagem em relação ao Náutico, que é o quinto, e o Londrina, sexto.

Dois empates colocam o Cruz-Maltino de volta à Série A.

O Bragantino precisa de um milagre para não ser rebaixado.

Com 32 pontos, em décimo oitavo, tem de vencer os dois últimos jogos e torcer para o Oeste, com 38, perder ambos.

Precisa torcer também para o Joinville não triunfar nas suas duas partidas.

O Braga tem pela frente nas duas últimas rodadas o Bahia, que briga por vaga na Série A, na Fonte Nova, no sábado (19), às 17h30.

E o Londrina, que também tenta o G-4, em Bragança Paulista, no sábado dia 26.

Final, Bragantino-SP 1 Vasco-RJ 2.

Confira os outros jogos:

Ceará-CE 2 X 3 Vila Nova-GO

Gols de Wescley e Felipe (Ceará); Victor Bolt, Aloísio e Wellington Simeão (Vila Nova).

Sampaio Corrêa-MA 1 X 3 Londrina-PR

Gols de Thiago Santos (Sampaio Corrêa); Rafael Gava (duas vezes) e Bruno Batata (Londrina).

Brasil de Pelotas-RS 1 X 1 Oeste-SP

Gols de Digo Oliveira (Brasil de Pelotas); Marcus Vinícius (Oeste).

Paraná Clube-PR 1X 2 Criciúma-SC

Gols de Leandro Silva (Paraná Clube); Roberto e Bruno Baio (Criciúma).

Avaí-SC 3 X 0 Náutico-PE

Gols de Marquinhos (duas vezes) e Romulo (Avaí).

Luverdense-MT 2 X 2 Bahia-BA

Gols de Digo Sodré e Jean Patrick (Luverdense); Edigar Junior (duas vezes – Bahia).

E no jogo do título, o Dragão venceu o Tupi rebaixou o time mineiro que volta em 2017 a Série C e conquistou o Campeonato Brasileiro da Série B pela primeira vez.

Este foi o quarto título nacional dos goianos que venceram a Série C em 1990 e 2008; e o Torneio Integração em 1971.

O Atlético saiu na frente aos 14 minutos do primeiro tempo com Gilsinho.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Hiroshi empatou para o Tupi.

Aos 42 minutos do primeiro tempo, Marllon colocou o Dragão na frente, 2 a 1.

Aos 11 minutos do segundo tempo, Marcos Serato empatou para o Tupi, em 2 a 2.

Aos 16 minutos do segundo tempo, Hiroshi virou o jogo para o Tupi, em 3 a 2.

Aos 22 minutos do segundo tempo, Luiz Fernando empatou o jogo para o Dragão, em 3 a 3.

Aos 33 minutos do segundo tempo, Jorginho virou o jogo para o Atlético em 4 a 3.

E aos 41 minutos do segundo tempo, Matheus Carvalho fechou o placar no Estádio Olímpico em Goiânia.

Final, Atlético-GO 5 Tupi-MG 3.

É o título mais importante da história de 79 anos do Atlético Clube Goianiense, e de volta a elite depois de 4 anos.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *