Vasco na final da Taça Guanabara

Chuva só de gols: Vasco passa fácil pelo Resende e garante vaga da decisão da Guanabara.

Alerta de tempestade no Rio não se confirma, equipe de Alberto Valentim domina adversário no Maracanã e cria resultado com gols de Lucas Mineiro, Marrony e Lucão (contra).

A prometida chuva forte no Rio de Janeiro, que limitou o número de torcedores no Maracanã, não apareceu.

Na noite desta quarta-feira (13), quem marcou presença foi o Vasco de Alberto Valentim.

Com gols de Lucas Mineiro, Marrony e Lucão (contra), o Gigante fez 3 a 0, despachou a zebra, eliminou o Resende e, com atuação sólida, carimbou a vaga na decisão da Taça Guanabara.

Garantido na decisão, o Vasco aguarda de camarote pelo adversário.

A definição sai nesta quinta-feira (14): Flamengo e Fluminense se enfrentam no Maracanã, às 20h30 (horário de Brasília), o Rubro-Negro tem a vantagem do empate.

Só deu Vasco no Maracanã!

O time de Valentim demorou a engrenar, mas não deu espaços ao Resende.

Foi acordar com o gol de cabeça de Lucas Mineiro na metade da primeira etapa.

E, a partir daí, controlou o jogo.

Com mais presença no campo de ataque, apostou mais uma vez na bola pelo alto para ampliar: Pikachu tocou de cabeça e viu Lucão marcar contra na tentativa de evitar o gol.

O Resende voltou na mesma marcha.

Melhor para o Vasco, que teve Fernando Miguel como mero espectador em campo.

E ainda sobrou tempo para Marrony, artilheiro da equipe na temporada, marcar o quarto dele em 2019, terceiro do Gigante no jogo: Ranule deu bobeira, perdeu para o garoto na grande, que não perdoou: 100% de aproveitamento no Carioca, festa, vaga e expectativa em alta para o torcedor.

Vasco e Resende protagonizaram bela cena antes do início do jogo.

Em campo, durante o minuto de silêncio em homenagem às vítimas da tragédia no Ninho do Urubu, os vascaínos apareceram com uma camisa com a bandeira do Flamengo marcada no peito.

O Resende entrou com a imagem de cada um dos dez garotos numa blusa branca e a palavra “luto”.

Com pintura de Eder, Altos desperta no estadual, goleia o Parnahyba e entra na zona de classificação.

Jacaré domina partida, sufoca rival e supera eliminação na Copa do Brasil com vitória tranquila sobre o Tubarão, que vê embolar luta por vaga no G-4.

Raphael Freitas, Tiaguinho e Eder Guerreiro marcam.

Athletico vence o General Díaz em sua primeira apresentação do time principal.

Com gols do estreante Marco Ruben e de Nikão, o Furacão venceu a equipe paraguaia.

Monges descontou para os visitantes.

De virada, 4 de Julho vence Flamengo-PI no Lindolfo, mantém invencibilidade e lidera isolado o estadual.

Equipe de Piripiri sai atrás do placar, mas tem força suficiente para construir vitória importante em Teresina com golaço de Maycon Douglas e Ítalo Pica Pau.

Time amplia vantagem na ponta da tabela, e Rubro-Negro não vence há três jogos.

Com direito a golaço de Murilo Rangel, Central vence fora e reassume liderança do Pernambucano.

Patativa abriu o placar aos 34 minutos do primeiro tempo com Giovani Rosa e fechou a conta com Murilo Rangel, aos 19 minutos do segundo tempo.

Taubaté e Atibaia ficam no empate pela Série A2 do Campeonato Paulista.

Burro da Central sai na frente aos 14 minutos do segundo tempo com Jean, mas Falcão consegue o empate aos 32 minutos do segundo tempo com Danilo.

Com um gol em cada tempo, Linense (Kassio) e Portuguesa (Anderson Cavalo) empatam pela Série A2.

Igualdade mantém a Lusa perto do Z-2 e afasta o Elefante dos líderes.

Ceará vence Horizonte e assume liderança do Campeonato Cearense.

Juninho marca de pênalti e Chico fecha placar na Arena Castelão.

Com a vitória, Alvinegro soma seis pontos no estadual e assume o topo da tabela.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *