VANTAGEM AMPLIADA

Não foi um grande jogo, mas o Corinthians mostrou os motivos de ser o líder disparado e grande candidato ao título brasileiro.

Se o futebol vistoso do primeiro turno não apareceu, o Timão ao menos foi eficiente para marcar aos 44 minutos do segundo tempo e vencer a Chapecoense por 1 a 0, nesta quarta-feira (23), na Arena Condá, em partida adiada da vigésima rodada do Campeonato Brasileiro.

Jô marcou o gol 500 desta edição do torneio.

Derrotado pelo Vitória na rodada passada, o Corinthians sobe para 50 pontos e volta a abrir dez de vantagem para o Grêmio, segundo colocado.

A Chapecoense, que bateu o Palmeiras no domingo, perde a oportunidade de ganhar fôlego na luta contra o rebaixamento.

O time aparece em décimo quinto lugar, com 25 pontos, apenas dois acima do grupo dos quatro últimos.

O Corinthians teve muita dificuldade para vencer.

A equipe de Carille sofreu para dar velocidade ao jogo, foi pouco criativa e fez pouco no primeiro tempo.

O árbitro, corretamente, anulou o gol de Rodriguinho marcou toque de mão.

O Timão só melhorou nos minutos finais do jogo.

Clayson e Romero desperdiçaram boas chances.

Aos 44 minutos do segundo tempo, Jô, com um leve desvio de pé direito, assegurou o triunfo.

A Chapecoense cada vez mais se mostra consistente defensivamente.

Foram poucos momentos de sustos até o time se abrir na metade do segundo tempo e permitir que o adversário melhorasse.

O setor ofensivo, porém, carece de pontaria e, principalmente, criatividade.

Apesar da boa atuação, Cássio foi pouco exigido por conta da falta de direção da maioria das finalizações.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *