VANTAGEM AMPLIADA

O Corinthians aumentou, nesta décima rodada, a vantagem para o segundo colocado que agora é de 4 pontos sobre o Grêmio, segundo colocado.

O Timão tem 26 pontos contra 22 dos gaúchos.

No confronto direto na Arena do Grêmio, o Corinthians venceu com gol de Jadson, aos 6 minutos do segundo tempo.

No chute de primeira, a bola passou por baixo das pernas do goleiro Marcelo Grohe.

Nos minutos finais, aos 38 minutos da segunda etapa, Luan teve a chance em um pênalti, mas o goleiro Cássio fez grande defesa, assim como em outras jogadas, garantindo o resultado.

Na abertura da rodada, o Sport venceu pela primeira vez na história o time do Santos jogando na Vila Belmiro, no sábado (24).

Osvaldo marcou aos 35 minutos do segundo tempo.

Na manhã deste domingo (25), o Vasco mais uma vez jogando em casa venceu pelo placar mínimo.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, Nenê cobrou a falta com perfeição e marcou.

O Vasco chegou aos 15 pontos, são 6 jogos em casa com 5 vitórias.

No Morumbi, o São Paulo saiu na frente do Fluminense, aos 6 minutos do primeiro tempo com Jucilei.

Aos 6 minutos do segundo tempo, o Fluminense chegou ao empate com Wendel acertando um lindo chute de fora da área.

As duas equipes tentaram a vitória, mas o placar não foi alterado.

No Mineirão, o Cruzeiro voltou a vencer no campeonato e em casa.

O Cruzeiro jogou com uma camisa comemorativa aos 20 anos do bicampeonato da Taça Libertadores da América (1997).

Já o Coritiba está a cinco partidas sem vencer e a quatro sem marcar.

Thiago Neves marcou aos 37 minutos do primeiro tempo e Rafael Sobis aos 19 minutos do segundo tempo.

No Moisés Lucarelli, o Palmeiras venceu a Ponte Preta que estava invicta em casa, com dois gols de Alejandro Guerra.

O Verdão chegou aos 16 pontos.

Aos 38 minutos do primeiro tempo, Alejandro Guerra marcou para o Palmeiras.

A Ponte Preta chegou ao empate aos 40 minutos do primeiro tempo com Lucca.

E aos 45 minutos do primeiro tempo, outra vez Alejandro Guerra marcou para o Verdão.

Na Arena da Baixada, o Vitória saiu na frente, mas sofreu uma virada, aliás, uma goleada pelo placar de 4 a 1 para o Atlético-PR.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, Fred marcou de falta para o Vitória.

Wanderson, aos 43 minutos do primeiro tempo empatou para o Furacão.

Aos 8 minutos do segundo tempo, Nikão virou para o Furacão e começou a construir a goleada.

Éderson marcou aos 11 minutos do segundo tempo.

Atlético 3 a 1.

E para fechar o placar, Matheus Rossetto em um lindo chute marcou, aos 35 minutos do segundo tempo.

Na Fonte Nova, o Flamengo venceu a segunda seguida no Brasileirão e afundou o Bahia no Z-4.

Berrío marcou aos 27 minutos do segundo tempo, o único gol do jogo.

Outra equipe que venceu pelo placar mínimo foi o Atlético-MG com um time de reservas.

O gol da partida foi marcado por Marlone depois do cruzamento de Valdívia, aos 11 minutos do primeiro tempo.

Foi a terceira derrota seguida da Chapecoense no campeonato.

Nesta segunda-feira (26), às 20 horas, no Estádio Engenhão, Botafogo-RJ X Avaí-SC pelo complemento da décima rodada.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *