UMA NOVA FASE

No Estádio Nacional do Peru, em Lima, o Brasil conseguiu a sexta vitória consecutiva sob o comando do técnico Tite.

No primeiro tempo, o Peru começou assustando e quase abriu o placar com Carrillo que arrancou pelo lado esquerdo, tabelou com Cueva nas costas de Daniel Alves, saiu cara a cara com o goleiro Alisson e deu um toque de leve.

A bola beijou a trave esquerda.

Após a grande chance do Peru, o Brasil colocou a bola no chão e conseguiu controlar a partida.

A seleção brasileira a partir dos 20 minutos dominou o jogo, e os peruanos saiam nos contra-ataques.

O Brasil teve mais posse de bola, finalizou e trocou o dobro de passes que o Peru.

Mas não levou muito perigo ao gol defendido por Gallese.

No segundo tempo, o Peru fez uma pressão tentando o gol.

Philippe Coutinho fazia uma boa partida e levava muito perigo, ao gol peruano.

De tanto tentar a seleção chegou ao gol.

Aos 12 minutos do segundo tempo, Renato Augusto recebeu na direita, rolou para o meio e na chegada de Philippe Coutinho, livre.

O camisa 11 dominou e chutou, mas foi travado pela defesa peruana.

A bola sobrou nos pés de Gabriel Jesus, na marca do pênalti.

O camisa 9 tocou no contrapé do goleiro Gallese.

Brasil 1 a 0.

O Peru foi para o ataque tentando o empate, e abriu muito espaço para o Brasil contra-atacar.

Yotún cobrou o escanteio, Loyola desviou com a cabeça, o goleiro Alisson espalmou para o meio, e bola desviou no peruano e foi para fora.

Lance de sorte para o Brasil.

Neymar teve uma grande chance, acertou o travessão do goleiro Gallese.

Quase o Brasil ampliou.

E o segundo gol não demorou.

Aos 33 minutos do segundo tempo, Gabriel Jesus dominou e com calma rolou para Renato Augusto ajeitou e chutou cruzado sem chances para o goleiro Gallese.,

Brasil 2 a 0.

O Peru tentou algumas jogadas, mas sem sucesso.

O placar poderia ter sido maior, Douglas Costa cruzou e Paulinho por pouco não marcou.

A seleção igualou o recorde de 6 vitórias nas eliminatórias, assim, como na preparação para a Copa do Mundo de 1970.

Na época dirigida por João Saldanha.

Final, Peru 0 Brasil 2.

Confira a classificação depois de doze rodadas:

1- Brasil: 27 pontos

2- Uruguai: 23 pontos

3- Equador: 20 pontos (6 vitórias, mas o saldo de gols +6)

4- Chile: 20 pontos (6 vitórias e saldo de gols +4)

5- Argentina: 19 pontos

6- Colômbia: 18 pontos

7- Paraguai: 15 pontos

8- Peru: 14 pontos

9- Bolívia: 7 pontos

10- Venezuela: 5 pontos

O Brasil esta muito perto de conquistar a vaga para tentar o Hexacampeonato Mundial na Rússia em 2018.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *