UM PREDESTINADO

De tão simples que, o esporte vive dando lições de vida.

A frase pode retratar fatos interessantes de motivação.

Primeiro o gol do título do América-MG, aliás, o bicampeonato foi marcado por Rafael Lima que estava na equipe da Chapecoense no ano de 2016.

E não estava no voo trágico que marcou o futebol Brasileiro, no dia 29 de novembro.

Depois de um ano, o zagueiro fez o gol de coxa, aos 20 minutos do segundo tempo, na cobrança de escanteio.

O gol que desafogou os mais de 22 mil torcedores no Estádio Independência.

O América-MG conquistou neste sábado (25) o seu segundo título da Série B.

Há 20 anos, em 1997, o Coelhão também levantou o caneco do Campeonato Brasileiro.

O América-MG terminou com 20 vitórias, 13 empates e apenas 5 derrotas.

Marcou 46 gols e sofreu apenas 25, a melhor defesa desde a Série B de 2006, quando começou o formato de pontos corridos.

Um aproveitamento de 64%.

Com um saldo de 21 gols positivos.

O Coelho terminou com 73 pontos, dois a mais que o Internacional (71).

Foi a equipe mais disciplinada desta Série B.

Confira os outros resultados deste sábado (25):

Ceará-CE 1 X 0 ABC-RN

Gol de Maikon Leite (aos 36 minutos do segundo tempo).

Vila Nova-GO 0 X 1 Londrina-PR

Gol de Germano (cobrando pênalti, aos 41 minutos do primeiro tempo).

Oeste-SP 1 X 1 Goiás-GO

Gols de Raphael Lima (Oeste – aos 25 minutos do segundo tempo); Rezende (aos 47 minutos do segundo tempo).

Paraná Clube-PR 1 X 1 Boa Esporte-MG

Gols de Robson (Paraná Clube – aos 47 minutos do segundo tempo); Rodholfo (Boa Esporte – aos 34 minutos do segundo tempo).

Luverdense-MT 3 X 0 Náutico-PE

Gols de Douglas Baggio (aos 8 minutos do primeiro tempo), Paulinho (aos 25 minutos do segundo tempo) e Douglas Baggio (aos 35 minutos do segundo tempo) marcaram para o Luverdense.

Internacional-RS 2 X 0 Guarani-SP

Gols de Nico López marcou duas vezes para o Colorado (aos 15 minutos e 25 minutos do primeiro tempo).

Confira a classificação final do Campeonato Brasileiro da Série B:

1 – América-MG: 73 pontos (campeão)

2 – Internacional-RS: 71 pontos

3 – Ceará-CE: 67 pontos

4 – Paraná Clube-PR: 64 pontos

5 – Londrina-PR: 62 pontos

6 – Oeste-SP: 59 pontos

7 – Vila Nova-GO: 58 pontos

8 – Brasil de Pelotas-RS: 51 pontos (15 vitórias)

9 – Juventude-RS: 51 pontos (13 vitórias)

10 – Boa Esporte-MG: 50 pontos

11 – Paysandu-PA: 48 pontos (13 vitórias)

12 – Figueirense-SC: 48 pontos (12 vitórias – 44 gols marcados)

13 – Criciúma-SC: 48 pontos (12 vitórias – 41 gols marcados)

14 – Goiás-GO: 45 pontos (12 vitórias – -11 gols de saldo)

15 – CRB-AL: 45 pontos (12 vitórias – -15 gols de saldo)

16 – Guarani-SP: 44 pontos (11 vitórias)

17 – Luverdense-MT: 44 pontos (10 vitórias)**

18- Santa Cruz-PE: 37 pontos**

19 – ABC-RN: 34 pontos**

20 – Náutico-PE: 32 pontos**

*América-MG (campeão), Internacional-RS (vice-campeão), Ceará (terceiro lugar) e Paraná Clube-PR (quarto lugar) estarão na Série A em 2018.

**Luverdense-MT (décimo sétimo lugar), Santa Cruz-PE (décimo oitavo lugar), ABC-RN (décimo nono lugar) e Náutico-PE (vigésimo lugar), foram rebaixados e irão disputar a Série C em 2018.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *