Tudo em aberto

Junior Barranquilla e Atlético-PR ficaram no empate pelo placar de 1 a 1, e o título ficou para a volta.

Depois de um primeiro tempo morno, sem muita criatividade.

O segundo tempo começou com o gol de Pablo e o empate de Yony González.

Pérez ainda desperdiçou um pênalti para o Junior.

Na primeira etapa, o Junior Barranquilla ficou mais com a posse de bola, tentou mais as jogadas de bolas lançadas na área do Atlético-PR que com uma defesa sólida soube suportar esta pressão.

O Furacão até começou a partida com toques de bola da defesa, passando pelo meio-campo até ao ataque.

Mas, depois dos 20 minutos inciais, os colombianos fizeram uma pressão, que não surtiu efeito.

O goleiro Santos pouco trabalhou.

Aliás, não fez nenhuma defesa, assim, como o goleiro Sebadtián Viera.

As duas melhores chances foram com Luís Díaz com um giro espetacular que foi sobe o gol de Santos.

Díaz depois ao dominar a bola escapou e a defesa do Atlético-PR afastou o perigo.

Barrera muito solto na primeira etapa criava as jogadas até Luis Díaz.

Pelos lados do Atlético-PR, Marcelo Cirino e Pablo pouco fizeram para assustar a defesa colombiana.

E a primeira etapa terminou parcialmente empatada por 0 a 0.

No primeiro lance do segundo tempo, Raphael Veiga cobrou o escanteio e o zagueiro Léo Pereira subiu sozinho e cabeceou muito perto, assustando o goleiro Sebastián Viera.

Quase o Furacão abriu o placar.

E o primeiro gol do jogo foi do Atlético-PR.

Nikão recebeu lançamento do campo de defesa, e toco rápido para Pablo que invadiu a área e chutou forte para vencer o goleiro Sebastián Viera.

Atlético-PR 1 a 0, aos 4 minutos do segundo tempo.

O Junior não sentiu o gol e depois de três minutos, aos 7 minutos do segundo tempo chegou ao empate.

A bola ficou viva na área do Atlético-PR, com tentativas de tirada de cabeça até que Jonathan fez mal o recuo de cabeça,que sobrou para González mandar para as redes.

O Estádio Metropolitano incendeia!

Os colombianos buscaram a virada em seguida mas, a defesa do Atlético-PR com Léo Pereira fez o corte.

O Atlético-PR depois de sofrer uma pequena pressão colocou a bola no chão e construiu jogadas que assustava a defesa da Colômbia.

Pablo acabou sentiu e foi substituído por Rony.

O Atlético-PR tentava manter o equilíbrio na partida, com uma pressão o Junior voltou a fazer.

O Junior fez a primeira troca com a entada de Luis Ruiz no lugar de Yony González.

O Atlético-PR pediu pênalti na jogada do zagueiro Thiago Heleno.

O árbitro mandou seguir o jogo.

lance seguinte, na entrada de Gutierrez, Rony derrubou e a arbitragem marcou pênalti para o Junior Barranquilla.

Pérez chutou forte e a bola explodiu o travessão, o goleiro Santos só torceu.

Outra mexida no Junior foi a entrada de Moreno no lugar de James Sánchez.

Wellington entrou no lugar de Raphael Veiga, foi a segunda substituição.

Bruno Guimarães recebeu passe de Nikão, mas demorou para finalizar dentro da área.

Sebastián Hernández entrou no lugar de Narváez, foi a última substituição do Junior.

O Atlético-PR era mais organizado que a equipe colombiana.

E o técnico Tiago Nunes colocou Marcinho no lugar de Lucho González, gastando o último cartucho da equipe.

O goleiro Santos fez uma grande defesa na finalização de Ruiz.

Depois Barrera chutou de fora da área e o goleiro Santos fez a defesa.

Final em aberto.

Na próxima quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, tem o jogo de volta na Arena da Baixada, em Curitiba, às 21h45 (horário de Brasília).

O campeão garante vaga na fase de Grupos da Taça Libertadores da América de 2019, a disputa do título da Recopa Sul-Americana de 2019 contra o campeão da Taça Libertadores da América de 2018, com a decisão no próximo domingo (9), no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, Espanha e a decisão da Copa Suruga contra Japan Football Association (JFA).

Final, Junior Barranquilla (Colômbia) 1 Atlético-PR (Brasil) 1.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *