TROPEÇO NO ENGENHÃO

A torcida do Botafogo encheu o Estádio Nilton Santos confiante em uma classificação antecipada para a próxima fase da Libertadores.

E com a derrota do Estudiantes para o Atlético Nacional no outro jogo do grupo, uma vitória simples bastava ao Alvinegro.

Mas quem saiu garantido nas oitavas de final na noite desta terça-feira (2) foi o Barcelona de Guayaquil. Surpreendido pela velocidade e pelo toque de bola da equipe equatoriana no primeiro tempo, o time carioca não repetiu as boas atuações na competição, errou muito e acabou derrotado por 2 a 0, gols de José Ayoví e Jonatan Álvez.

Com atraso, o Atlético Nacional teve uma atuação legítima de um campeão.

Após três derrotas em três jogos na Libertadores, a equipe colombiana foi avassaladora.

Venceu com facilidade o Estudiantes de Verón.

Goleou o time argentino por 4 a 1 na noite desta terça-feira (2), em Medellín, pela quarta rodada do Grupo 1 da competição e se manteve com chances de avançar à próxima fase.

Os dois times agora têm três pontos e ainda estão em situação complicada na chave.

Mas há esperanças.

O Atlético Tucumán continua vivo na Libertadores, o Peñarol deu adeus à competição e o Palmeiras ainda não está classificado para as oitavas de final.

Com gols de Zampedri (vice-artilheiro do torneio) e Leandro González, o Decano venceu por 2 a 1 em casa Gastón Rodríguez descontou, subiu para o segundo lugar do Grupo 5 e eliminou os uruguaios, que fazem contas para sonhar com uma vaga na Copa Sul-Americana.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *