TRICOLORES, TIMÃO E VASCO NA TERCEIRA FASE

A abertura da Copa do Brasil desta quarta-feira (1) foi marcada pela classificação das equipes tricolores.

Em Sinop-MT, o Fluminense superou os donos da casa por 3 a 1.

Em Londrina (PR), o São Paulo bateu o PSTC por 4 a 2.

Em casa, na Arena Joinville, os catarinenses despacharam o São Raimundo por 1 a 0.

Além deles, outros dois clubes se garantiram na terceira fase.

Após empatarem seus jogos por 1 a 1, Luverdense e ABC levaram a melhor nas cobranças de pênalti contra Avaí e Audax-SP, respectivamente, e também avançaram.

Jogando em casa, na Arena Joinville, o Tricolor catarinense ficou com a vaga ao superar o São Raimundo-PA por 1 a 0.

O único gol da partida foi marcado ainda na primeira etapa.

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Aldair converteu a cobrança de pênalti e garantiu a classificação do Joinville.

No Gigante do Norte, em Sinop-MT, o time da casa deu trabalho ao Fluminense.

Empurrado pela torcida, o Sinop foi para o intervalo vencendo por 1 a 0 com gol de Alex Ricardo.

Após o susto inicial, o Tricolor carioca voltou melhor para a segunda etapa e consegui a virada com Sornoza e Henrique Dourado.

Aos 36 minutos do segundo tempo, o meia equatoriano marcou novamente e sacramentou a vitória por 3 a 1.

No Estádio do Café, em Londrina-PR, PSTC e São Paulo protagonizaram um confronto franco com muitas bolas nas redes.

Só no primeiro tempo foram cinco gols assinalados, com vantagem para o tricolor paulista que contou com dois de Cícero e um de Cuevas para ir ao vestiário vencendo por 3 a 2.

Lucão e Carlos Henrique deixaram os donos da casa colados no placar.

Em noite inspirada, Cícero marcou o terceiro dele na partida e fechou o marcador em 4 a 2.

Com a vaga garantida, o São Paulo enfrenta o ABC na terceira fase.

O ABC conquistou a classificação ao bater o Audax-SP nos pênaltis.

Com a bola rolando no estádio Frasqueirão, em Natal, as duas equipes empataram em 1 a 1.

Os gols saíram na etapa final. Léo Artur colocou os paulistas na frente aos 34 minutos do segundo tempo, mas Caio Mancha empatou aos 40 minutos do segundo tempo e a decisão da vaga foi para os pênaltis.

Nas cobranças, o ABC foi mais eficiente e venceu por 4 a 1.

Quem também levou a melhor nos pênaltis foi o Luverdense.

Na Ressacada, em Florianópolis, Avaí e Luverdense ficaram no empate em 1 a 1.

Os vistantes saíram na frente aos 13 minutos do primeiro tempo.

Na segunda etapa, Júnior Dutra deixou tudo igual e levou a decisão para os pênaltis.

Com Diogo Silva defendendo duas cobranças, o Luverdense venceu por 3 a 2 e se garantiu na terceira fase.

Com o apoio de suas torcidas, Sampaio Corrêa e Gurupi-TO se garantiram na terceira fase da Copa do Brasil.

Em São Luís, o Tricolor superou o Guarani-CE por 2 a 0.

Pelo mesmo placar, o Camaleão do Norte superou o Rio Branco em Gurupi-TO e também alcançou a classificação.

No Castelão, após um primeiro tempo sem gols, o Sampaio Corrêa desencantou na etapa final e superou o Guarani de Juazeiro.

Aos três minutos do segundo tempo, Giovani abriu o placar para os donos da casa e, aos 22 minutos do segundo tempo, Breno fechou o marcador.

Com o resultado, o Tricolor chega de forma inédita a terceira fase da Copa do Brasil. Próximo adversário será o Internacional.

O Gurupi-TO também fez bonito e avançou ao vencer Rio Branco-AC por 2 a 0.

Assim como em São Luís, os gols só saíram na reta final da partida, de pênalti.

Aos 22 minutos e 44 minutos do segundo tempo, Ederson acertou as cobranças e garantiu o triunfo para os mandantes.

Na terceira fase, o Gurupi vai enfrentar o Joinville.

Corinthians, Vasco e Goiás não tiveram vida fácil para conquistar a classificação à terceira fase da Copa do Brasil.

Em Brusque-SC, o Timão alcançou a vaga após empatar sem gols e vencer a disputa de pênaltis pelo placar de 5 a 4 de forma dramática.

Em Varginha-MG, o Esmeraldino ficou no 0 a 0 com o Boa Esporte e também precisou das cobranças de pênalti por 3 a 2 para avançar.

Em Goiânia, o Cruzmaltino se garantiu na próxima fase ao vencer o Vila Nova por 2 a 1.

Gol da vitória vascaína saiu nos últimos minutos do duelo.

No Augusto Bauer, em Brusque-SC, as redes não balançaram durante o tempo regulamentar.

Com a igualdade sem gols, Brusque e Corinthians precisaram das cobranças de pênalti para definir quem avançaria para a terceira fase.

Após Jadson desperdiçar a primeira cobrança, João Carlos teve a chance de fechar a série para o time catarinense, soltou a bomba e acertou o travessão.

Nas cobranças alternadas, Carlos Alberto mandou para fora e Romero garantiu a classificação suada do Timão.

Na próxima fase, o time paulista encara o Luverdense.

No Serra Dourada quem saiu na frente foi o Vasco.

Com uma bela finalização de fora da área, Thalles abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo.

O Vila Nova chegou ao empate ainda no primeiro tempo.

Aos 31 minutos do primeiro tempo, Wallyson cobrou pênalti no canto esquerdo de Martín Silva e deixou tudo igual.

Na reta final da partida, os visitantes voltaram a liderar o marcador.

Aos 39 minutos do segundo tempo, Wagner aproveitou falha da defesa goiana e, de cabeça, fez o gol da classificação vascaína, 2 a 1.

Próximo adversário da equipe carioca no torneio será o Vitória.

No Dilzon Melo, em Varginha-MG, o zero não saiu do placar durante os noventa minutos de jogo entre Boa Esporte e Goiás.

Com a igualdade, a decisão da vaga foi para os pênaltis.

Mais eficiente nas cobranças, os visitantes levaram a melhor e venceram por 3 a 2.

Na próxima fase, a equipe esmeraldina enfrenta o vencedor de Ponte Preta e Cuiabá, que jogam nesta quinta-feira (2).

Reportagem: Cbf.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *