TIRADENTES NA FRENTE

No jogo de ida pela semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino Série A2, o Tiradentes, jogando em seus domínios na tarde desta quarta-feira (5), no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina-PI, fez a lição de casa ao derrotar por 1 a 0, a equipe da Portuguesa.

O único gol aconteceu no primeiro tempo através da atacante Neném.

Com o triunfo, o Tigre, joga por um empate na próxima terça-feira (11), ás 16 horas, em São Paulo, no Canindé. para conquistar o acesso.

A vitória parcial do time piauense foi injusto por aquilo que a Lusa fez em campo.

O Tiradentes, só criou uma única situação de gol e abriu o marcador.

Aos 20 minutos do primeiro tempo, depois de bela jogada da ala Jajá, a atacante Neném, pegou de primeira dentro da pequena área no canto esquerdo sem chances para a arqueira Ellen.

Dai em diante só deu o time paulista que chegou três vezes em busca do empate.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, na cobrança de falta com Fernandinha, a zaga rebateu e, no rebote Beatriz perdeu ótima oportunidade de deixar tudo igual.

Melhor na partida o time lusitano teve tudo para empatar.

Aos 40 minutos do primeiro tempo outra vez com a jogadora Beatriz.

Na cara do gol, a jogadora chutou fraca para a defesa de Katia.

Dois minutos após, a Lusa acertou o travessão com Kika.

A goleira do Tigre, só ficou olhando o lance.

Já nos acréscimos o time da casa recuperou a bola no meio-campo, mas demorou no contra-ataque dando chance para a defesa visitante recuperar evitando perigo.

Na volta para o segundo tempo a Portuguesa voltou com a mesma disposição do primeiro tempo e, logo aos 3 minutos, quase empatou.

Cruzamento da direita a meia Fernandinha, apareceu e meteu uma cabeçada fulminante para uma grande defesa de Katia.

Dois minutos após, bola na trave do Tigre.

Aos 19 minutos do segundo tempo, o quadro piauiense no contra-ataque por pouco não fez o segundo com Valéria.

Nove minutos depois, na tentativa de cortar a trajetória da bola, a zagueira Estefany, quase fez contra a favor da Lusa.

Nos acréscimos e, na base da pressão o representante paulista tentou de todas as maneiras o gol de empate e, quase conseguiu com Thalita.

A jogadora que entrou no lugar da lateral Silmara, precipitou no lance desperdiçando grande oportunidade.

Ela e o gol fez o mais difícil tocando a bola para fora.

Final, 1 a 0, Tigre, que joga por um empate para subir a elite na próxima temporada.

Tiradentes

Katia; Jajá, Bruna, Esteafany e Aline; Vilma, Ana Maria (Kelly) e Bia; Cilene (Bel), Valéria e Neném

Técnico: Toinho.

Portuguesa

Ellen; Silmara (Thalita), Leti, Day e Thais; Edna, Kika, Beatriz (Du) e Fernandinha; Luh e Bia.

Técnico:Prisco Palumbo.

No outro confronto das semifinais no Estádio da Raimundão, em Caucaia-CE, o Pinheirense venceu fora de casa pelo placar de 2 a 1, e joga por um empate na partida de volta dia 12 de julho, às 15 horas, no Estádio da Curuzu em Belém.

Gols de Pingo (aos 24 minutos do primeiro tempo) e Magrela (aos 47 minutos do primeiro tempo) para Pinheirense.

E Fafá Arruda, de pênalti, aos 29 minutos do segundo tempo descontando para o Caucaia.

Reportagem: Futebolinterior.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *