TIMÃO PERTO DO G-6

No complemento da trigésima sexta rodada, o Corinthians venceu o Internacional e aproximou do G-6, que poderá virar G-7, e afundou o Internacional que terá que fazer no mínimo 4 pontos desde que o Vitória não pontue nas próximas duas rodadas.

O Corinthians começou pressionando nos primeiros quinze minutos.

O Colorado precisando da vitória jogava nos contra-ataques, mas foi pouco efetivo.

Time da casa tocou, tocou e pouco foi à área.

No primeiro tempo teve 173 passes certos do Corinthians, contra 52 do Inter.

No segundo tempo, o Corinthians criou oportunidades com jogadas de bolas na área.

Sem sucesso.

Num deste lance, cruzamento do lado esquerdo, Ernando e Romero disputaram o lance pelo alto.

O árbitro marcou pênalti.

Lance muito duvidoso.

Aos 9 minutos do segundo tempo, Marlone cobrou forte no canto esquerdo.

O goleiro Danilo Fernandes voou, mas não conseguiu tocar na bola.

Corinthians 1 a 0.

O Corinthians dominou as ações da partida, e o Internacional não chegava ao gol defendido pelo Walter.

Marlone acertou a trave do goleiro Danilo Fernandes.

O Corinthians chegou a ter 67% de posse de bola, e o Inter apenas 33.

O goleiro do Inter fez pelo menos três grandes defesas.

Sendo duas delas num mesmo lance.

Nico López acertou um belo chute e passou perto do gol de Walter.

Na estreia do técnico Lisca, a equipe gaúcha saiu de campo com apenas cinco finalizações em 90 minutos de partida.

Na próxima rodada, o Corinthians recebe o Atlético-PR, na Arena Itaquera, em São Paulo, às 21 horas, no sábado (26).

E o Internacional enfrenta o Cruzeiro, no Estádio Beira-Rio, às 17 horas, no domingo (27).

Final, Corinthians-SP 1 Internacional-RS 0.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *