TIMÃO FICOU NO EMPATE, MAS MANTÉM VANTAGEM

Após dezessete rodadas disputadas, o líder Corinthians segue invicto no Brasileirão 2017. Neste domingo (30), diante de 45 mil torcedores, o Timão empatou com o Flamengo em 1 a 1 em São Paulo.

Nos outros dois jogos iniciados às 16 horas, os visitantes fizeram a festa.

Em Curitiba, o Atlético-MG bateu o Coritiba por 2 a 0.

Em Salvador, o Sport levou a melhor sobre o Bahia e venceu por 3 a 1.

Na Arena Corinthians, o Flamengo buscou tomar a iniciativa da partida e pressionar a saída de bola do líder.

Com a defesa sólida, o líder Corinthians não se desesperou e saiu na frente.

Mortal no contra-ataque, Jô recebeu lançamento de Balbuena e finalizou cruzado para superar o estreante do goleiro Diego Alves, 1 a 0.

Na etapa final, o Rubro-Negro foi para cima e chegou ao empate aos 25 minutos do segundo tempo.

Após cobrança de escanteio, Juan ajeitou para Réver emendar um voleio e deixar tudo igual, 1 a 1.

Aproveitando o bom momento, o Flamengo teve a chance da virada, mas Diego finalizou por cima do gol de Cássio.

Na reta final, Pedro Henrique quase fez contra, Diego Alves evitou o segundo de Jô e a igualdade persistiu.

No Couto Pereira, o Atlético/MG contou com dois pênaltis a favor na etapa inicial.

No primeiro, Fábio Santos converteu e abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo.

No segundo, aos 24 minutos do primeiro tempo, Wilson pegou a cobrança de Cazares e salvou o Coritiba.

Na volta do intervalo, o duelo seguiu movimentado com chances de gols para os dois lados, mas foi o Galo que marcou novamente.

Aos 27 minutos do segundo tempo, Rafael Moura aproveitou a sobra da defesa e ampliou, 2 a 0.

Na Arena Fonte Nova, o Sport foi para o intervalo em vantagem.

Aos 18 minutos do primeiro tempo, Everton Felipe recebeu de Lenis, finalizou rasteiro, de primeira, e abriu o placar, 1 a 0.

No segundo tempo, o Bahia chegou ao empate aos 13 minutos com Rodrigão.

Após cruzamento de Matheus Sales, o atacante desviou de cabeça e igualou o marcador, 1 a 1.

A resposta rubro-negra foi imediata e, aos 20 minutos do segundo tempo, Ronaldo Alves completou chute cruzado de Lenis e recolocou o Leão na frente.

Após duas assistências, Lenis deixou o dele e sacramentou a vitória pernambucana em 3 a 1.

Dois empates fecharam o domingo (30) de Série A.

Em Porto Alegre, Grêmio e Santos ficaram no 1 a 1 e mantiveram a vantagem do líder Corinthians. Vice-líder, o Tricolor gaúcho soma 33 pontos, oito a menos que o Timão.

Já o Peixe tem 31 e continua dez pontos atrás do rival paulista.

Em Belo Horizonte, também não houve vencedor no confronto entre Cruzeiro e Vitória e o placar se manteve inalterado.

Brigando na parte de cima da tabela, Grêmio e Santos protagonizaram um confronto direto equilibrado.

As redes da Arena do Grêmio balançaram na reta final do primeiro tempo.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, o Peixe saiu na frente.

Após cobrança de escanteio de Jean Mota, David Braz aproveitou desvio de Bruno Henrique e completou para o gol, 1 a 0.

A resposta tricolor foi imediata e, aos 46 minutos do primeiro tempo, Fernandinho deixou tudo igual.

O atacante mostrou oportunismo, pegou o rebote de Vanderlei e empatou, 1 a 1.

No Mineirão, o Cruzeiro criou as principais chances de gols, mas esbarrou na grande atuação do goleiro Fernando Miguel e o duelo terminou zerado.

Na estreia do técnico Vagner Mancini, o Leão segurou as investidas da Raposa e garantiu um ponto fora de casa.

Já o time mineiro chega ao quarto jogo sem vitórias no Brasileirão.

Com o resultado, o time baiano segue na vice-lanterna com 13 pontos.

Com 23, o Cruzeiro ocupa a nona posição.

Um dragão montado na zebra passeou pela Arena Condá na manhã deste domingo (30).

E, é bom que se diga desde já, com muita justiça.

Melhor durante os 90 minutos e com mais disposição, o Atlético-GO aprontou para cima da Chapecoense e venceu a primeira fora de casa: 2 a 1, em partida válida pela décima sétima rodada do Brasileirão.

Diego Rosa e Gilvan fizeram a festa para o lanterna da competição de virada, após Luiz Otávio abrir o placar.

O Verdão deixou o campo sob vaias da torcida.

A tragédia envolvendo a família de Abel Braga, que perdeu o filho mais novo, João Pedro, que caiu da janela do apartamento onde morava.

Por causa de um acidente no Rio de Janeiro, adiou a partida entre Ponte Preta e Fluminense, marcada inicialmente para este domingo, em Campinas.
A decisão da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) de mudar o jogo para o dia 9 de agosto.
Assim, a partida da décima nona rodada entre Fluminense-RJ e Atlético-GO que seria jogada na segunda-feira (7), terá sua remarcação para sábado (5) ou domingo (6).
Reportagem: CBF.com.br/Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *