TIMÃO AUMENTA VANTAGEM; E FLAMENGO VENCEU EM SÃO JANUÁRIO

Na abertura da décima segunda rodada, o Corinthians venceu a Ponte Preta de forma tranquila com domínio total.

O goleiro Cássio ainda fez a defesa de um pênalti quando o time já vencia a Ponte pelo placar de 2 a 0.

Aos 46 minutos do primeiro tempo, depois de Jô tentar a bola sobrou em Jadson que marcou.

Corinthians 1 a 0.

No início do segundo tempo, com 1 minuto, Jô ampliou para 2 a 0, depois do cruzamento de Rodriguinho.

Emerson Sheik caiu na área, o árbitro marcou demorou, conversou com os assistentes e Lucca cobrou, mas o goleiro Cássio espalmou para escanteio.

Passadas 12 rodadas, o Corinthians tem 10 vitórias e dois empates.

De quebra, alcançou a vigésima sexta partida de invencibilidade no ano e igualou marca alcançada em 2015, quando se sagrou campeão nacional sob o comando de Tite.

No período sem derrotas da “Era Carille”, o Timão soma 16 vitórias e dez empates. A maior série da história do clube é de 1957, com 37 jogos seguidos de invencibilidade.

Final, Corinthians-SP 2 Ponte Preta-SP 0.

No clássico carioca, com muita confusão após o apito final do jogo, o Flamengo voltou a vencer o Vasco em São Januário depois de 44 anos.

A última vitória foi em 21 de janeiro de 1973.

O primeiro tempo foi abaixo das expectativas, as duas equipes pouco criaram.

O Vasco reclamou de um pênalti não marcado ao seu favor.

Nenê tentou fazer o cruzamento e Éverton fez o corte com os braços dentro da área.

Após troca de passes, Pikachu marcou, mas o árbitro já havia marcado falta de Luis Fabiano.

Aos 17 minutos do segundo tempo, Éverton Ribeiro fez a jogada e cruzou na cabeça de Everton que marcou.

Flamengo 1 a 0.

Após o apito final aí começou uma confusão generalizada com copos, latinhas, barra de ferro, cadeira atiradas no campo.

Torcedores tentando invadir.

Lamentável, o que este chamados torcedores fizeram na partida.

O futebol brasileiro e os órgãos responsáveis pela segurança dão mais uma vez um mal exemplo.

Final, Vasco-RJ 0 Flamengo-RJ 1.

Em Goiânia, o Vitória venceu o Atlético-GO e dormirá fora do Z-4.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, André Lima marcou 1 a 0 para o Vitória.

Aos 23 minutos do segundo tempo, Andrigo chegou a empatar para o Dragão.

E aos 42 minutos do segundo tempo, Uillian Correa marcou o gol do Vitória que venceu por 2 a 1.

Final, Atlético-GO 1 Vitória-BA 2.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *