TIMÃO AMPLIOU VANTAGEM

Se alguém ainda tinha dúvida do que é um Corinthians X Palmeiras teve neste domingo (5) a certeza do que o clássico representa.

O Dérbi válido pela trigésima segunda rodada do Brasileirão terminou com vitória por 3 a 2 do líder.

E todos os ingredientes que construíram esse placar foram dignos da rivalidade centenária entre os times.

Teve gol polêmico, reação, expulsão e até selfie em comemoração de gol.

O Timão sai mais fortalecido e fica mais perto do título, e o Verdão perde grande chance.

O Santos está vivo na disputa pelo título brasileiro.

Apesar do equilíbrio dos dois lados, melhor para os donos da casa.

Com um belo gol do uruguaio Arrascaeta, marcado no fim do primeiro tempo, o Cruzeiro voltou a vencer no Campeonato Brasileiro.

O time mineiro derrotou o Atlético-PR por 1 a 0.

Já garantido na próxima Libertadores, o Cruzeiro vinha de duas derrotas e um empate no campeonato e segue na cola dos líderes para terminar o Brasileiro entre os primeiros da tabela.

O Furacão pressionou, acertou uma bola no travessão com Guilheme, que quase fez um gol olímpico, mas amargou o segundo jogo sem vitória na disputa.

O Peixe venceu o Atlético-MG por 3 a 1 e pulou para 56 pontos.

Bruno Henrique foi o destaque e teve o nome gritado pela torcida, mas Arthur Gomes, David Braz e Ricardo Oliveira foram os autores dos gols do Santos.

Fred marcou o do Galo, que se mantém com 42 pontos, no meio da tabela, ainda longe da zona de Libertadores.

Quem diria: até outro dia vivendo o risco de amargar um rebaixamento no Brasileirão pela primeira vez em sua história, o São Paulo agora já pode sonhar com Libertadores!

Com a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-GO no Serra Dourada, em Goiânia, o Tricolor paulista pulou para a nona colocação com 43 pontos, só quatro a menos do que o Flamengo, sétimo e que hoje estaria qualificado para a fase prévia do torneio continental.

Mas o que hoje é um G-7 pode virar G-9, caso o Grêmio (atualmente quarto colocado) conquiste a Libertadores (disputará a final contra o Lanús, da Argentina) e o Flamengo seja campeão da Copa Sul-Americana (está nas semifinais).

Não faltou emoção.

O Fluminense venceu o Botafogo, no Nilton Santos, e conquistou a primeira virada da equipe no Campeonato Brasileiro.

Depois de sair perdendo ainda no primeiro minuto do clássico, com gol de Marcos Vinícius, o Tricolor oscilou, mas conseguiu a virada no fim: Marcos Junior e Matheus Alessandro fizeram para os visitantes.

No confronto de quem luta contra o rebaixamento, o Coritiba levou a melhor no Couto Pereira e goleou o Avaí por 4 a 0, gols de Alan Santos, Wilson (de pênalti), Tiago Real e Jonas definiram o placar a favor do Coxa.
Em uma partida com dois tempos completamente diferentes, o Grêmio venceu o Flamengo por 3 a 1 na arena, em Porto Alegre.

Depois de sair atrás no placar (Éverton Ribeiro marcou para o Rubro-Negro), o Tricolor, com dois de Everton e um de Luan, virou o jogo.

O Bahia deu um importante passo para permanecer na elite do Campeonato Brasileiro em 2018.

Com gols de Mendoza e Edigar Junio, o Tricolor venceu a Ponte Preta por 2 a 0 na Fonte Nova, em Salvador, e entrou na metade de cima da classificação.

A Macaca, por sua vez, fica na zona de rebaixamento e enxerga alguns rivais diretos com mais distância.

Minutos emocionantes para um jogo marcado pela monotonia.

Melhor para o Sport, que já nos acréscimos conquistou o empate por 1 a 1 com a Chapecoense e segue fora da zona de rebaixamento.

A partida caminhava para uma vitória sem sustos para os donos da casa na Arena Condá.

De tanto errar, o Leão, com um a menos, permitiu que o Verdão se aproximasse de uma vitória que encaminharia muito a permanência na Série A.

Até que aos 50 minutos veio a polêmica: mão na bola de Douglas na área, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro manda o lance seguir, até que volta atrás e assinala pênalti.

Da marca da cal, Wellington Paulista e André marcaram os gols.

O Vasco vencia o Vitória por 1 a 0, gol de Breno, até os 46 minutos do segundo tempo da partida, no Maracanã.

O resultado colocava o Cruz-Maltino no G-7.

Mas a equipe carioca recuou demais, o Vitória tomou conta do jogo e, de tanto insistir, empatou nos acréscimos com André Lima.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *