SUÍÇA NA COPA

Foi bem mais complicado do que parecia, mas a seleção suíça estará na Copa do Mundo de 2018, a sua quarta em sequência.

O empate em 0 a 0 com a Irlanda do Norte, neste domingo (12), na Basileia, valeu a vaga dos helvéticos, após a vitória por 1 a 0 sobre o rival no jogo de ida.

E o herói da classificação suíça foi Ricardo Rodríguez.

Afinal, além de ter marcado no triunfo em Belfast, o lateral do Milan evitou um gol certo dos irlandeses nos acréscimos ao cortar sobre a linha.

Se entrasse, a disputa iria para a prorrogação…

A Suíça disputará o Mundial pela décima primeira vez.

Em 1934, 1938 e 1954, nas melhores campanhas, foi até as quartas de final.

Entre 1970 e 2002, disputou apenas uma Copa, em 1994, mas desde 2006 é presença constante, sempre com campanhas dignas.

Na Alemanha, liderou o grupo que teve a finalista França; na África do Sul, em 2010, venceu a campeã Espanha na primeira fase; e no Brasil, em 2014, caiu diante da vice Argentina nas oitavas de final.

Tudo indefinido entre Dinamarca e Irlanda.

No primeiro duelo entre as duas seleções pelas repescagens, os escandinavos foram melhores, mas não conseguiram passar pela boa defesa montada por Martin O’Neill.

O empate em 0 a 0 neste sábado em Copenhague deixa a disputa aberta para a partida de volta, na próxima terça-feira (14), em Dublin.

Quem levar a melhor, será a última seleção europeia classificada para a Copa do Mundo da Rússia.

O empate com gols dá a vaga aos dinamarqueses, enquanto novo placar em branco leva para prorrogação e pênaltis.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *