SPORT VENCEU O ARSENAL DE SARANDÍ

A vitória do Sport sobre o Arsenal de Sarandí (Argentina), na Ilha do Retiro, teve um dono.

Autor dos dois gols do Leão, o atacante André comandou a festa da torcida rubro-negra.

O triunfo é importante porque representa uma vantagem.

No jogo da volta, na casa do adversário, no dia 27 de julho, o Leão pode perder até por 2 a 0 que, ainda assim, leva a disputa para os pênaltis.

Se fizer um, obriga o adversário a marcar ao menos quatro.

Qualquer outro resultado garante o time pernambucano na terceira fase da Copa Sul-Americana.

Magrão foi mero espectador no primeiro tempo.

Durante todos os 45 minutos inciais, a partida foi de ataque contra a defesa.

O Sport tomava a inciativa.

O Arsenal, com cinco homens na linha de defesa e mais três no meio de campo, segurava-se.

Na etapa inicial, apesar de sustos e de algumas chances desperdiçadas pelo Sport, a estratégia argentina deu certo.

Tanto que o placar, no intervalo, estava em branco.

O zero a zero persistia mesmo com a maior posse de bola do Leão.

Na segunda etapa, as coisas mudaram.

O Sport seguiu martelando mas, dessa vez, marcou o gol que abriu o placar, com André.

O gol obrigou o Arsenal a mudar de postura.

E foi isso que o time de Humberto Grondona fez.

Assustou o Leão duas vezes e poderia ter empatado. Mas a atitude mais ofensiva também permitiu mais espaços que o Sport aproveitou para ampliar o marcador, novamente com André.

O Sport volta as atenções para a Série A do Campeonato Brasileiro.

Na próxima segunda-feira (10), o Leão vai até o Paraná, onde enfrenta o Curitiba, no Couto Pereira, às 20 horas.

Suspenso, o técnico Vanderlei Luxemburgo só pôde acompanhar o jogo dos camarotes.

Quem ficou à beira do gramado foi seu auxiliar, Junior Lopes assistido por Daniel Paulista.

Embora não tenha feito gol, o meia Everton Felipe foi um dos principais jogadores do Sport.

No primeiro tempo, chamou a responsabilidade, partiu para a cima e incomodou a defesa do Arsenal. Amarelou três jogadores da equipe adversária.

No segundo tempo, apareceu menos mas seguiu bem.

Ganhou pontos com Luxemburgo e deve seguir no time titular.

O lateral-esquerdo Mena teve pouco tempo para o jogo.

Chegou ao Recife na madrugada desta quinta-feira (6) e já entrou em campo.

Foi acionado no segundo tempo e ajudou o Leão com a assistência do segundo gol.

Abre, de vez, a briga por uma vaga na posição. Sander é o concorrente.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *