SHOW DE MESSI, HERMANOS NA COPA

Num desses caprichos do destino, Messi esperou o dia 10, do mês 10, para, com sua camisa 10, levar a Argentina à Copa do Mundo.

Com susto no início, ao levar gol com poucos segundos de jogo, mas o craque fez três gols, garantiu o triunfo por 3 a 1 dos argentinos sobre o Equador em Quito e cravou a vaga do país na Rússia.

A nação argentina respira aliviada.

Termina as eliminatórias em terceiro e não precisa de repescagem para ir ao Mundial.

Os equatorianos amargam a sexta vitória seguida e estão fora.

A rodada era decisiva apenas para os outros.

Mas o Brasil mostrou mais uma vez porque é a melhor seleção da América do Sul no momento.

Na arena do Palmeiras, a equipe de Tite controlou o jogo e contou com a qualidade individual de seus jogadores no segundo tempo para vencer e tirar o Chile da Copa do Mundo.

Com o triunfo por 3 a 0, gols de Paulinho e Gabriel Jesus (duas vezes), o treinador encerrou a competição invicto com dez vitórias e dois empates.

Apenas o desempenho sob o seu comando, com seis jogos a menos, já seria suficiente para colocar o Brasil no primeiro lugar.

Agora, é contar os dias até junho de 2018 e esperar o Mundial. A ansiedade é grande. Afinal, partiu Rússia!
O apito final de Sandro Meira Ricci iniciou a festa de Peru e Colômbia ainda no gramado de jogo na noite desta terça-feira (10).

O empate em 1 a 1 entre as seleções, em Lima, acabou sendo bom para os dois lados.

Com as derrotas do Chile para o Brasil, e do Paraguai para a Venezuela, os colombianos conseguiram a classificação direta à Copa do Mundo, enquanto os peruanos vão à repescagem.

James Rodríguez e Guerrero fizeram os gols do jogo, ambos no segundo tempo.

O Uruguai começou o jogo com tudo, mas viu Cáceres marcar contra e abrir o placar no Centenário para a Bolívia.

Passado o susto, a Celeste voltou ao seu ritmo, empatou com o próprio lateral-direito e virou o placar com Cavani, com dois gols em dois minutos (aos 39 minutos e 41 minutos do primeiro tempo).

Na etapa final, com a torcida empurrando, os uruguaios marcaram mais duas vezes, ambas com Luis Suárez e ainda tiveram outro gol contra, desta vez marcado por Godín.

O resultado garantiu a segunda colocação do Uruguai nas eliminatórias da América do Sul, com 31 pontos.

A Bolívia ficou no nono lugar, com 14 pontos.

O Paraguai precisava vencer e de uma combinação de resultados para ir à Copa do Mundo da Rússia.

A vitória argentina sobre o Equador acabava com a chance da vaga direta, mas a derrota do Chile para o Brasil mantinha a possibilidade de um lugar na repescagem.

Mas, no Defensores del Chaco com uma empolgada torcida a cada gol brasileiro, os paraguaios não conseguiram pressionar e ainda viram o atleticano Otero fazer bela jogada desde o campo de defesa e tocar para Herrera marcar aos 38 minutos do segundo tempo.

Era o gol da vitória da Venezuela por 1 a 0 em Assunção.

Confira a Classificação Final das Eliminatórias da América do SuL:

1 – Brasil: 41 pontos (Classificado para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia)

2 – Uruguai: 31 pontos (Classificado para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia)

3 – Argentina: 28 pontos (Classificada para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia)

4 – Colômbia: 27 pontos (Classificada para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia)

5 – Peru: 26 pontos (1 gol de saldo) – (Disputará a repescagem contra a Nova Zelândia)

6 – Chile: 26 pontos (-1 gol de saldo)

7 – Paraguai: 24 pontos

8 – Equador: 20 pontos

9 – Bolívia: 14 pontos

10 – Venezuela: 12 pontos

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *