SEM MEXICANOS

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) definiu os países que serão contemplados com as vagas dos clubes mexicanos que na edição da Taça Libertadores da América de 2017 não disputaram a competição.

Com isso, Bolívia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela ficaram com as vagas.

Países estes que não receberam nenhum time a mais.

Argentina, Chile e Colômbia, além do Brasil receberam quando foi mudado o formato da competição.

De acontecer um torneio preliminar entre esses seis países para definir os três novos postos na Taça Libertadores.

Não há como definir os detalhes sobre o formato das vagas.

Assim, acaba a esperança dos times brasileiros de aumentar ainda mais a presença no campeonato, no qual já tem sete vagas garantidas, a maior entre todos os países.

A decisão de contemplar os seis países não agraciados na primeira reforma foi um jeito político da Conmebol de ficar bem com todas as federações.

Não houve oposição de federações mais fortes.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *