SEIS TIMES NAS QUARTAS

Nesta quarta-feira (18), seis clubes se garantiram nas quartas de final da Copa do Brasil Sub-17.

Após golearem na ida, São Paulo e Flamengo confirmaram a classificação.

Em Cotia, o Tricolor venceu a Ponte Preta por 4 a 1.

Em Santos, o Rubro-Negro foi derrotado pelo Peixe por 2 a 1, mas avançou.

Outro carioca classificado é o Vasco, que, após o empate sem gols em Recife, superou o Sport por 3 a 1 no Rio de Janeiro.

Com o triunfo da ida por 2 a 0 em Salvador, o Vitória ficou com a vaga mesmo com a derrota por 2 a 1 para o Botafogo em Niterói.

Em Nova Serrana, o Cruzeiro venceu por 3 a 1 e despachou o Internacional.

Em Chapecó, a Chapecoense carimbou a vaga ao empatar com o Atlético-GO em 2 a 2.

Precisando reverter a derrota de 5 a 2 sofrida na ida, o Santos iniciou o duelo de volta pressionando o Flamengo na Vila Belmiro.

Com gol de Denilson aos 14 minutos do primeiro tempo, o Peixe foi para o intervalo vencendo por 1 a 0.

Na volta do intervalo, o Rubro-negro esfriou o ímpeto santista e empatou com Victor Gabriel aos 5 minutos do segundo tempo.

Foi o quatro do camisa 9, que se igualou ao artilheiro Bruno, da Chapecoense.

Na reta final, aos 43 minutos do segundo tempo, o Santos marcou o segundo, mas já era tarde.

Fim de jogo: Santos 2 a 1.

Na Arena dos Calçados, o Cruzeiro se impôs dentro de casa e bateu o Internacional por 3 a 1.

A Raposa abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo com Vinícius Santana.

No segundo tempo, após o time mineiro ampliar, novamente com Vinícius Santana, aos 5 minutos, o Colorado chegou a descontar com Gabriel, aos 26 minutos do segundo tempo, mas a Celeste sacramentou a vitória por 3 a 1 aos 44 minutos do segundo tempo.

No Laudo Natel, o São Paulo voltou a golear a Ponte Preta.

Após vencer por 5 a 1 na ida, o Tricolor ampliou ainda mais a vantagem e abriu 3 a 0 com gols de Ed Carlos (aos 11 minutos do primeiro tempo), Paulinho (aos 23 minutos do primeiro tempo) e Calebe (aos 43 minutos do primeiro tempo).

A Ponte descontou no segundo tempo, mas Ed Carlos marcou novamente, aos 30 minutos do segundo tempo e fechou o placar em 4 a 1.

Em São Januário, o Vasco saiu na frente do Sport nos minutos finais do primeiro tempo com Leonardo, que repetiu a dose na volta do intervalo e ampliou a vantagem vascaína, 2 a 0.

O Rubro-negro pernambucano chegou a descontar, mas Leonan balançou as redes e garantiu o triunfo dos mandantes por 3 a 1.

No CEFAT, a vitória por 2 a 1 não foi suficiente para o Botafogo avançar.

Após o empate sem gols no primeiro tempo, o Vitória saiu na frente do placar nos primeiros minutos da etapa final e ampliou a vantagem de 2 a 0 conquistada em Salvador.

O Alvinegro reagiu rapidamente, virou a partida com Carlinhos e Marcelo, mas ficou a dois gols da classificação.

Assim como na última edição, a Chapecoense está nas quartas de final do torneio.

Com a vantagem do empate após a vitória por 1 a 0 na ida, a Chape saiu na frente aos 13 minutos do primeiro tempo em pênalti cobrado por Conte.

Nos acréscimos, Vinícius marcou para o Atlético-GO e deixou tudo igual, 1 a 1.

Na etapa final, Xaxim recolocou os mandantes na frente e Christyan voltou a igualar para o Dragão, 2 a 2.

Reportagem: CBF.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *