São Bento vence e respira

São Bento faz 3 a 1 no Vila Nova e respira na luta contra o rebaixamento.

Estratégia dá resultado e São Bento resolve o jogo no primeiro tempo.

Bruno Mezenga faz golaço de falta, único do Vila Nova.

O São Bento venceu o Vila Nova por 3 a 1, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, na noite desta segunda-feira (7), em duelo válido pela vigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

O resultado deixa o São Bento mais confiante para continuar na luta contra o rebaixamento.

O Vila Nova pode entrar no Z-4 ao final da rodada e ainda tem clássico na próxima sexta-feira (11) contra o Atlético-GO.

O São Bento dá uma respirada na luta contra o rebaixamento.

Chega aos 27 pontos e fica na décima sétima posição.

O Vila Nova se mantém em décima sexta, mas pode terminar a rodada dentro do Z-4 dependendo do resultado de Criciúma e Brasil de Pelotas.

Os dois times começaram valorizando a posse de bola, mas ninguém conseguia ser objetivo.

Até que aos oito minutos, depois de cruzamento na área do Vila Nova, a bola sobrou para Guilherme Romão que abriu o placar com chute forte e rasteiro.

O Vila teve dificuldades para sair da marcação do São Bento na saída de bola.

Quando o Tigre esboçou uma reação, Zé Roberto deu passe primoroso para Minho, dentro da área, que chutou forte e aumentou o placar para o time da casa.

O São Bento continuou pressionando até chegar ao terceiro gol com Zé Roberto, depois do cruzamento de Marcos Martins.

O Vila Nova não conseguiu criar ataques perigosos e o Bentão administrou até o apito do árbitro. 3 a 0 para o time da casa.

O Vila Nova precisou mudar a postura para o segundo tempo, o técnico Rafael tirou Robinho e colocou Tinga.

Mas o Vila Nova não conseguiu criar muitas chances, e quando criou, a finalização continuava ruim.

O São Bento não recuou, e soube administrar o ímpeto do Vila Nova.

O jogo ficou equilibrado e as chances foram criadas em grande quantidade pelas laterais, mas os zagueiros levavam a melhor.

O torcedor que foi ao Walter Ribeiro pôde gritar “olé” na troca de passes do meio campo do São Bento, tamanha a tranquilidade do jogo.

Bruno Mezenga ainda fez um golaço de falta da intermediária, mas já era tarde para a reação.

Placar final: 3 a 1 para o São Bento.

Aos 38 minutos do segundo tempo, Bruno Mezenga bateu falta da intermediária, Renan Rocha foi na bola mas não alcançou.

Golaço do atacante do Vila Nova no Walter Ribeiro.

Na próxima sexta-feira (11), o São Bento vai até Recife enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro, às 19h15 (horário de Brasília).

No mesmo horário o Vila Nova enfrenta o Atlético-GO, clássico no estádio Serra Dourada.

Sport abre o placar no Rei Pelé, mas CRB vai buscar o empate.

Hernane ainda desperdiça pênalti na etapa final.

Times nordestinos abrem a vigésima sétima rodada no G-4 da Série B.

CRB e Sport fizeram um jogo quente no Rei Pelé.

Dois gols, pênalti perdido e muita correria no empate por 1 a 1.

O Leão abriu o placar ainda no primeiro tempo, com Guilherme, e o Galo empatou no segundo tempo, com Edson Cariús.

Hernane Brocador também perdeu um pênalti para o Sport aos 34 minutos do segundo tempo.

Acertou a trave de Fernando Henrique.

O Sport assumiu a segunda colocação da Série B, agora com 46 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Atlético-GO até o fechamento da vigésima sétima rodada.

O CRB tem agora 39 pontos e dorme no G-4.

Está na quarta colocação, mas ainda pode perder posição para Botafogo-SP, América-MG e Paraná Clube.

Pedro Carmona disputou sete jogos pelo Sport e se destaca por um toque só na bola.

Nesta terça-feira (8), ele deu uma linda assistência para Guilherme.

Foi a terceira do camisa 19 com a camisa rubro-negra.

Goleiro do Sport, Maílson é alagoano e voltou a Maceió nesta segunda-feira (7).

Nasceu em Girau do Ponciano e se transferiu para o Leão ainda nas categorias de base.

Virou titular da equipe profissional e foi bem contra o CRB. Fez duas grandes defesas.

O CRB começou o jogo no ataque.

Na bola parada, Hugo Sanches dava trabalho à defesa do Sport.

Aos 13 minutos do primeiro tempo, o camisa 7 cobrou escanteio e Wellington Carvalho subiu para cabecear para baixo.

No reflexo, Maílson fez um milagre.

O Sport chegou aos 35 minutos do primeiro tempo.

Pedro Carmona tabelou e bateu cruzado: Fernando Henrique tirou de soco.

O CRB ficava mais com a bola, mas também tinha dificuldade para finalizar.

Faltava sintonia ao ataque.

O Sport esperava uma chance.

Veio aos 39 minutos do primeiro tempo.

Carmona enfiou para Guilherme, que ganhou na corrida de Daniel Borges e bateu na saída de Fernando Henrique: 1 a 0.

O CRB se mandou para frente e sofreu com os contra-ataques do Sport.

Em 6 minutos do segundo tempo, o Leão chegou na cara do gol três vezes, e Carmona obrigou Fernando Henrique a fazer uma boa defesa, com o pé direito.

Aos 15 minutos do segundo tempo, Edson Cariús dominou na área e bateu firme: Mailson salvou o Sport.

Dois minutos depois, aos 17 minutos do segundo tempo, a resposta do Leão.

Pedro Carmona finalizou no ângulo e Fernando Henrique espalmou.

Aos 22 minutos do segundo tempo, o empate.

Igor Cariús cruzou e Edson Cariús apareceu na segunda trave para mandar pra dentro, de barriga.

O jogo pegou fogo.

Aos 32 minutos do segundo tempo, Marcelo Lima Henrique marcou pênalti de Victor Ramos em Henane.

O próprio Brocador executou a cobrança e acertou a trave do CRB.

Os times voltam a jogar na próxima sexta-feira (11).

Às 19h15 (horário de Brasília), o Sport recebe o São Bento na Ilha do Retiro.

Às 21h30 (horário de Brasília), o CRB vai encarar o Guarani no Brinco de Ouro, em Campinas.

Este jogo vai ser transmitido ao vivo pelo GloboEsporte.com.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *