SANTOS NAS OITAVAS E CHAPE POR ENQUANTO NA COPA SUL-AMERICANA

Contra um rival que já entrou em campo sem objetivos, o Santos cumpriu bem sua missão na Vila Belmiro, na noite desta terça-feira (23): goleou o Sporting Cristal por 4 a 0, com dois gols do zagueiro David Braz, e garantiu a primeira colocação do Grupo 2 da Libertadores.

Com a vitória, o time de Dorival Júnior encerrou a fase de grupos com 12 pontos, à frente de The Strongest (9) e Independiente Santa Fe (8) os bolivianos avançam, os colombianos jogarão a Sul-Americana e do Cristal (2), lanterna.

A liderança dá aos brasileiros a vantagem de decidir as oitavas de final em casa.

Foi menos complicado do que se imaginava.

Tudo bem que foram precisos boas doses de retranca, cera, muitas faltas, mas o The Strongest segurou o Independiente Santa Fe em Bogotá, empatou por 1 a 1 e avançou às oitavas de final da Libertadores.

O Tigre boliviano ficou com a segunda vaga do Grupo 2, que teve o Santos como líder.

Aos colombianos, que pecaram pela falta de criatividade nesta terça-feira, resta o prêmio de consolação: um lugar na Copa Sul-Americana deste ano.

O Nacional do Uruguai acordou na manhã desta terça-feira (23) em situação delicadíssima na Libertadores da América.

Dependia apenas de si para avançar às oitavas de final da Libertadores, é verdade: mas ainda assim precisava vencer o tradicional Uruguai em Montevidéu.

Acontece que, no início da tarde, veio a notícia de que a Chapecoense havia sido punida, e de que o time argentino havia herdado três pontos por causa disso o que assegurou matematicamente sua vaga na próxima fase, independentemente de qualquer outro resultado.

Para completar, a equipe do técnico Jorge Almirón venceu por 1 a 0 a partida realizada no Estádio Parque Central, se classificou em primeiro lugar no Grupo 7 e com uma das melhores campanhas da primeira fase.

Que dia!

Que dia para o torcedor da Chapecoense!

Que dia!

Apreensão, frustração, pressão, alívio e festa.

A terça-feira (23) que começou com a notícia da perda dos pontos da vitória sobre o Lanús, em decisão da Conmebol, terminou com êxtase.

Até os 45 minutos do segundo tempo, a equipe era eliminada da Libertadores e da Sul-Americana, mas Arthur Caike e Andrei Girotto nos acréscimos garantiram a vitória por 2 a 1 sobre o Zulia, pela última rodada do Grupo 7.

A chance do bicampeonato está garantida, mas o Verdão quer mais.

Se recuperar os pontos no Tribunal de Apelação estará nas oitavas de final da Libertadores.

A Chapecoense promete protocolar já nesta quarta-feira (24) o recurso no Tribunal de Apelações da Conmebol.

Os juízes que tomarão a decisão são diferentes dos que tiraram os pontos do Comitê Disciplinar.

O clube terá uma semana para apresentar sua defesa novamente e aguardar o parecer definitivo.

Sabe-se que a decisão sairá antes do dia 7 de junho, quando acontecerá, no Paraguai, o sorteio das oitavas de final da Sul-Americana e da Libertadores.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *