SAMPAIO CORRÊA CAMPEÃO!!!

Em um jogo de gols contra e lances bizarros, o Sampaio venceu o Cordino por 2 a 1 para garantir a conquista do seu trigésimo terceiro título do Campeonato Maranhense.

A conquista encerra um jejum de três anos, já que desde 2014 o Tricolor não levantava a taça da competição.

Em campo, o Cordino saiu na frente logo no primeiro minuto, com gol contra Fredson. Isac, de barriga, empatou para o Tricolor e um gol contra de Bruno colocou o Tubarão na frente.

No segundo tempo, Isac ainda teve a chance de marca o terceiro de pênalti, mas o goleiro Eduardo Alves defendeu.

Com o título do Campeonato Maranhense, o Sampaio garante vaga direto na fase de grupos da Copa do Nordeste, enquanto o Cordino, com o vice, disputará o pré-Nordestão.

As duas equipes também estão garantidas na Copa do Brasil de 2018.

A etapa final começou com o Sampaio melhor em campo.

Aos 13 minutos do segundo tempo, a arbitragem flagrou mão na bola do volante Alison e marcou o pênalti para o Sampaio.

Na cobrança, Isac parou no goleiro Eduardo Alves.

Aos 30 minutos do segundo tempo, o Sampaio voltou a levar perigo com Hiltinho, que parou no goleiro Eduardo Alves.

O Cordino levou perigo somente em um chute de longe de Jocivan, que foi por cima do gol do Sampaio, que sacramentou a conquista do título do Campeonato Maranhense.

Logo no primeiro minuto de jogo, Pedro Gusmão cobrou falta e Fredson, na tentativa de desviar, marcou contra, colocando o Cordino na frente.

O Cordino ainda assustou com nova cobrança de falta de Jerferson.

Aos 9 minutos do primeiro tempo, o Sampaio empatou com Isac marcando de barriga, após um cruzamento de Felipe Marques.

Após o empate, o Cordino voltou a assustar com Ulisses cabeceando no travessão, mas o Sampaio melhorava e pressionava em campo.

Pedro Gusmão, em duas cobranças de falta, levou perigo para o goleiro Alex Alves.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, após novo cruzamento de Felipe Marques, o zagueiro Da Silva tentou dominar a bola na área do Cordino e marcou contra, selando a virada do Sampaio ainda no primeiro tempo.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *