Red Bull campeão do Interior!!!

Júlio César brilha nos pênaltis, e Red Bull Brasil se despede de Campinas com título do Interior sobre a Ponte.

Macaca sofre com expulsão no primeiro tempo, consegue segurar empate, mas erra três cobranças e vê o Toro Loko ser campeão no Majestoso.

A melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista é também o melhor time do Interior.

Após empate por 0 a 0 no tempo normal, Júlio César brilhou nos pênaltis e levou o Red Bull Brasil ao título do Troféu do Interior na noite desta segunda-feira (15), no Majestoso, em jogo único contra a Ponte Preta.

O Toro Loko se despede de Campinas como campeão, enquanto a Macaca sucumbiu nas cobranças, com três erros, após segurar a igualdade com um a menos desde os 35 minutos do segundo tempo.

Os times vão se encontrar novamente na Série B do Brasileiro, mas com o Red Bull Brasil como o Red Bull Bragantino. São pouco menos de duas semanas até a estreia.

A Ponte Preta começa a competição em 29 de abril, contra o Coritiba, fora de casa.

O Red Bull Bragantino entra em campo um dia antes, em 28 de abril, diante do Brasil de Pelotas-RS, em Pelotas.

A conquista inédita rende ao Toro Loko uma premiação de R$ 360 mil, além de uma vaga na Copa do Brasil do próximo ano.

Para a Ponte Preta, é mais uma chance desperdiçada de ajudar os combalidos cofres.

Em dificuldades financeiras, o time já havia perdido quase R$ 1 milhão pela eliminação na primeira fase da Copa do Brasil contra a Aparecidense.

Ao menos, o time já tem participação garantida na Copa do Brasil de 2020 pelo ranking da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

No duelo entre o proprietário e o inquilino do Majestoso, a festa foi de quem alugou o estádio nos últimos anos.

Apesar de ter direito ao mando de campo, por ter melhor campanha, o Toro Loko jogou como visitante, com a maioria pontepretana nas arquibancadas, mas comemorou no fim e ergueu a taça, já com o Moisés Lucarelli praticamente vazio.

O time da Ponte, por sua vez, sequer retornou ao gramado para a cerimônia de premiação e ainda lidou com protestos da torcida do lado de fora.

O primeiro tempo foi interessante, com chances para os dois lados.

O Red Bull Brasil começou superior e ameaçou Ivan com Claudinho e Aderlan.

A Ponte demorou para acordar.

Quando conseguiu sair da marcação sob pressão do Toro Loko, levou perigo com Thalles (duas vezes) e Júlio César.

O equilíbrio acabou aos 35 minutos do primeiro tempo, quando Júlio César, atacante da Ponte, foi expulso por ofender o árbitro.

Com um a mais, o Toro retomou o domínio e quase marcou em cobrança de falta de Romário, já no fim.

O cenário do segundo tempo se resumiu a ataque contra defesa.

Enquanto a Ponte não teve nenhuma vergonha de recuar, chamar o RB Brasil para cima e tentar segurar o empate até o fim, o Toro Loko buscou resolver a parada no tempo normal, mas não conseguiu.

Ivan fez duas defesas para levar a disputa aos pênaltis.

Ytalo abriu as cobranças com gol para o Red Bull Brasil.

Thalles isolou para a Ponte na sequência, mas Ivan deu a oportunidade de a Macaca igualar ao defender chute de Everton.

Só que do outro lado tinha um Júlio César inspirado, e o goleiro pegou a batida de Diego Renan.

Léo Ortiz manteve a vantagem do Toro Loko, Matheus Oliveira marcou para a Ponte Preta, e Osman também foi às redes.

Quando chegou a vez de Luis Ricardo, era fazer para deixar a Macaca viva na disputa, mas o lateral praticamente recuou para Júlio César, que agarrou e saiu para festejar com os companheiros.

Sem chances de busca o tetracampeonato europeu, o Real Madrid foi a campo numa rara noite de segunda-feira (15), véspera de Liga dos Campeões, e arrancou o empate em 1 a 1 com o modesto Leganés fora de casa pelo Campeonato Espanhol.

A situação não foi mais melancólica porque Benzema evitou a derrota (ele marcou os últimos cinco gols da equipe de Zidane), após Jonathan Silva abrir o placar para os anfitriões.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *