PSG na frente

Mbappé marca, Paris Saint-Germain supera desfalques e conquista gigante resultado contra o Manchester United.

Sem Neymar e Cavani, time francês tem grande atuação no segundo tempo para sair na frente no Old Trafford.

Pogba é expulso no fim e desfalca Diabos Vermelhos no jogo de volta.

A camisa pesada é a do Manchester United, mas o futebol nos lembrou outra vez que mais importante ainda é como se trata a bola.

E aí surgiu um gigantesco Paris Saint-Germain, superando os desfalques de Neymar e Cavani no Old Trafford para encaminhar a vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões com a vitória por 2 a 0.

Marcaram os franceses Kimpembe e Mbappé, numa noite de terça-feira (12) em que quase todos que vestiram branco foram destaque.

Di María não deixou o seu, mas teve papel importantíssimo na construção do resultado.

Foram dele as duas assistências, o escanteio cobrado com veneno para Kimpembe, e o cruzamento rasteiro na medida para Mbappé completar para as redes.

Tudo isso enquanto era alvo da ira da torcida do Manchester United, clube em que defendeu por apenas uma temporada (2014/15).

Respondeu no campo, e também com provocações.

O Paris Saint-Germain terminou o jogo com 12 finalizações, contra 10 dos donos da casa.

A diferença foi a pontaria: De Gea precisou fazer três boas defesas para impedir um placar ainda maior, enquanto Buffon praticamente não trabalhou.

É preciso destacar o partidaço de Verratti no meio-campo e a maturidade dos visitantes como um todo, em momento algum sentiram-se pressionados, mesmo num dos campos mais temidos da Europa.

Expulso ao receber dois cartões amarelos, Pogba é ausência certa no Parque dos Príncipes no dia 6 de março, Quarta-Feira de Cinzas.

Pelo que vinha jogando com Solskjaer até hoje, fará falta.

O Manchester United precisa de praticamente um milagre: vencer por 2 a 0 para forçar uma prorrogação, ou por dois gols de diferença a partir dos 3 a 1.

Marquinhos foi volante, Daniel Alves foi ponta-direita, Thiago Silva foi a segurança de sempre.

O Paris Saint-Germain também venceu graças às atuações de seus brasileiros.

Neymar, de casa, certamente gostou do que viu.

Caso os franceses confirmem a vaga, o atacante tem a chance de voltar para o jogo de ida das quartas de final, marcado para o dia 9 ou 10 de abril.

Nenhum dos últimos 34 times a perderem o jogo de ida da Liga dos Campeões em casa por dois ou mais gols conseguiu avançar de fase.

Agora vai?

O novo treinador do Manchester United ainda tem excelentes números (10 vitórias e um empate), mas não está mais invicto.

Na estatística abaixo, esta foi a primeira derrota do clube por dois gols de diferença jogando em casa na Champions.

Joia de 19 anos italiana brilha, mas gol no fim mantém “brasileiro” Porto forte na briga.

Com boa participação de Dzeko, Zaniolo faz os dois gols da Roma, mas portugueses descontam e ganham fôlego para a partida de volta.

A festa estava armada no Olímpico. Revelação italiana de 19 anos, Zaniolo fez os dois gols que deixaram a Roma em vantagem no duelo contra o Porto pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Só que Adrián López descontou nos minutos finais e deixou o time português, recheado de brasileiros, em uma situação mais tranquila para a partida de volta mesmo com a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, nesta terça-feira (12).

Com o confronto aberto, Porto e Roma vão se reencontrar dia 6 de março no Dragão em busca da vaga nas quartas de final.

A vantagem do empate é do time italiano.

Já os portugueses precisam vencer por 1 a 0 ou então por, pelo menos, dois gols de diferença.

Após um primeiro tempo carente de chances, a situação melhorou na etapa final.

Aos 24 minutos do segundo tempo, Dzeko fez bem o pivô e serviu Zaniolo para abrir o placar.

Seis minutos depois, aos 30 minutos do segundo tempo, o bósnio acertou a trave pela segunda vez no jogo, e a joia italiana ficou com o rebote para aumentar a diferença.

Menos mal para o Porto que, aos 33 minutos do segundo tempo, Adrián López descontou.

Tiquinho errou o chute, mas acabou dando uma assistência daquelas para o espanhol sair na cara de Mirante e diminuir a diferença.

O Porto começou a partida sem nenhum atleta nascido em Portugal, mas com sete brasileiros (incluindo o naturalizado Pepe), Alex Telles, Felipe, Eder Militão, Otavinho, Tiquinho Soares e Fernando foram os outros.

Já a iniciou com sete italianos.

A última vez que tantos representantes da Velha Bota estiveram num jogo de Champions foi em 2013, quando a Juventus encarou o Copenhague

Confira a Tabela completa das Oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa Temporada 2018/2019:

12/02/2019 Manchester United (Inglaterra) 0 X 2 Paris Saint-Germain (França) Terça-Feira

06/03/2019 Paris Saint-Germain (França) X Manchester United (Inglaterra) Quarta-Feira

12/02/2019 Roma (Itália) 2 X 1 Porto (Portugal) Terça-Feira

06/03/2019 Porto (Portugal) X Roma (Itália) Quarta-Feira

13/02/2019 Tottenham (Inglaterra) X Borussia Dortmund (Alemanha) Quarta-Feira

05/03/2019 Borussia Dortmund (Alemanha) X Tottenham (Inglaterra) Terça-Feira

13/02/2019 Ajax (Holanda) X Real Madrid (Espanha) Quarta-Feira

05/03/2019 Real Madrid (Espanha) X Ajax (Holanda) Terça-Feira

19/02/2019 Lyon (França) X Barcelona (Espanha) Terça-Feira

13/03/2019 Barcelona (Espanha) X Lyon (França) Quarta-Feira

19/02/2019 Liverpool (Inglaterra) X Bayern de Munique (Alemanha) Terça-Feira

13/03/2019 Bayern de Munique (Alemanha) X Liverpool (Inglaterra) Quarta-Feira

20/02/2019 Schalke 04 (Alemanha) X Manchester City (Inglaterra) Quarta-Feira

12/03/2019 Manchester City (Inglaterra) X Schalke 04 (Alemanha) Terça-Feira

20/02/2019 Atlético de Madrid (Espanha) X Juventus (Itália) Quarta-Feira

12/03/2019 Juventus (Itália) X Atlético de Madrid (Espanha) Terça-Feira

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *