PREMIAÇÃO DO TROFÉU TELÊ SANTANA

Em noite de gala no Mineirão, em Belo Horizonte, a décima sexta edição do Troféu Telê Santana premiou nesta segunda-feira (13) os melhores esportivas de Minas Gerais em 2016.

O evento contou com presença de jogadores, técnicos, dirigentes, atletas de diversas modalidades, personalidades do esporte, jornalistas e convidados.

Por conta da partida de quarta-feira (15), contra o Volta Redonda, no interior fluminense, pela Copa do Brasil, jogadores e comissão técnica do Cruzeiro não puderam comparecer à festa este ano.

O clube foi representado pelo presidente Gilvan de Pinho Tavares e outros diretores.

A Seleção do Troféu Telê Santana 2016 teve a seguinte formação: Victor (Atlético); Marcos Rocha (Atlético); Gabriel (Atlético), Leo (Cruzeiro) e Fábio Santos (Atlético); Henrique (Cruzeiro), Leandro Donizete (Atlético), De Arrascaeta (Cruzeiro) e Luan (Atlético); Lucas Pratto (Atlético) e Robinho (Atlético).

O melhor técnico de 2016 foi Ney da Matta, campeão da Série C do Campeonato Brasileiro com o Boa Esporte, de Varginha.

Ney da Matta venceu a disputa particular com Mano Menezes, do Cruzeiro; Marcelo Oliveira, ex-Atlético, e Givanildo Oliveira, ex-América.

Além de colocar três jogadores na seleção do ano, o Cruzeiro conquistou também o prêmio de Destaque Internacional pelas conquistas do seu time de vôlei.

Em 2016, o time dirigido pelo argentino Marcelo Méndez se sagrou tricampeão do Mundial de Clubes, tricampeão do Sul-americano de Clubes, bicampeão da Supercopa, tetracampeão da Superliga Masculina de Vôlei, bicampeão da Copa Brasil e heptacampeão do Campeonato Mineiro.

Grande premiado da noite, com oito integrantes da Seleção, o Atlético ainda levou prêmios individuais:

Fred, artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 14 gols; Robinho, artilheiro da temporada em Minas, com 25 gols; e o zagueiro Gabriel, revelação do ano.

Ao lado dele, também foi eleito a revelação do ano o meia-atacante Matheusinho, do América.

O Coelho também levou para o Lanna Drumond o prêmio de Destaque Estadual pelo título do Campeonato Mineiro de 2016 sobre o Atlético.

Festa no interior

Campeão da Série C em 2016 sobre o Guarani de Campinas, o Boa Esporte recebeu o prêmio de destaque do Interior de Minas.

Esse feito também colocou o ex-técnico do clube, Ney da Matta, como comandante do time ideal do ano passado.

Um dos momentos mais emocionantes na cerimônia foi a homenagem à Chapecoense, por conta do acidente aéreo ocorrido em 29 de novembro do ano passado.

O clube foi representado pelo ex-goleiro Nivaldo, hoje exercendo o cargo de gerente de futebol.

Estrelas no Rio’2016 e na Colômbia

A décima sexta edição do Telê Santana premiou outras feras do esporte mineiro.

Medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio’2016, Maicon Andrade, do Taekwondo, ganhou o prêmio Destaque Olímpco.

Natural de Justinópolis, na Grande Belo Horizonte, esteve no Mineirão com a família.

Outra homenageada na festa foi a ginasta Vitória Guerra, medalha de ouro na categoria juvenil do Campeonato Sul-Americano de Ginástica Rítmica disputado em outubro na Colômbia.

Guerreira não só pelo nome, precisou de arrecadar fundos com amigos, familiares e até mesmo desconhecidos, em redes sociais, para participar do torneio internacional.

Mas tudo valeu a pena com a medalha inédita na categorias maças (apresentação com pequenas balizas).

Os vencedores da 16ª edição do Troféu Telê Santana:

Melhor técnico: Ney da Matta (Boa Esporte, campeão da Série C 2016)

Melhor goleiro: Victor (Atlético)

Melhor lateral-direito: Marcos Rocha (Atlético)

Melhores zagueiros: Gabriel (Atlético) e Leo (Cruzeiro)

Melhor lateral-esquerdo: Fábio Santos (Atlético)

Melhores volantes: Henrique (Cruzeiro) e Leandro Donizete (Atlético)

Melhores meias: De Arrascaeta (Cruzeiro) e Luan (Atlético)

Melhores atacantes: Pratto e Robinho, do Atlético

Destaque Estadual: América (campeão mineiro 2016)

Artilheiro do Brasileiro: Fred (14 gols)

Goleador da temporada: Robinho, com 25 gols (Atlético)

Revelações: Gabriel (Atlético) e Matheusinho (América)

Destaque Internacional: Cruzeiro Vôlei (seis títulos em 2016)

Destaque olímpico: Maicon Andrade (Taekwondo)

Destaque do Interior: Boa Esporte (campeão da Série C do Brasileiro 2016)

Destaque especial: Vitória Guerra (Ginástica Rítmica)

Homenagem especial: Chapecoense

Reportagem: Mg.superesportes.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *