PARIS PINTOU O SETE

O Paris Saint-Germain virou sinônimo de espetáculo na Liga dos Campeões, e não há gol relâmpago que diga o contrário, o Celtic abriu o placar nesta quarta-feira (22) com Dembélé com menos de um minuto de bola rolando.

Mas o PSG tem Neymar, que marcou duas vezes num piscar de olhos e comandou a virada.

Tem Cavani, que também fez dois e chegou a 21 gols na temporada.

Tem Mbappé, tem Verratti e tem Daniel Alves, esse anotou um golaço no Parque dos Príncipes.

Goleada por 7 a 1 que ainda não serve para garantir o primeiro lugar da chave, mas que dá ao clube francês o novo recorde de gols na fase de grupos da Liga dos Campeões.

O Basel deixou todo o favoritismo do Manchester United de lado para conseguir um resultado histórico e colocar um pé nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Com apoio da torcida do início ao fim no St. Jakob-Park e pressionando os ingleses no segundo tempo, os suíços venceram por 1 a 0, com um gol do lateral-direito Michael Lang, aos 44 minutos do segundo tempo.

Willian realizou uma de suas grandes atuações nos 200 jogos que fez com a camisa Chelsea.

Afinal, o brasileiro balançou as redes duas vezes e sofreu os pênaltis convertidos por Hazard e Fàbregas, participando de todos os gols da vitória por 4 a 0 sobre o Qarabag em Baku, no Azerbaijão.

Além disso, ainda causou a expulsão (bastante contestável) de Sadygov aos 19 minutos do primeiro tempo que definiu os rumos do jogo.

A goleada ainda garante os atuais campeões ingleses mas oitavas de final e elimina as chances de classificação do Qarabag.

O Atlético de Madrid ainda respira por aparelhos, mas pode dizer que segue vivo na Liga dos Campeões.

Precisando de uma vitória a qualquer custo, o time de Diego Simeone contou com o brilho de Griezmann para derrotar a Roma, rival direta pela vaga nas oitavas, por 2 a 0, no Wanda Metropolitano.

Agora, precisará vencer o Chelsea e ainda torcer por um tropeço dos italianos na última rodada da fase de grupos.

E a eliminação só não veio nesta quarta-feira graças ao atacante francês, autor de um golaço de voleio e responsável por bela assistência para Gameiro.

O Barcelona foi a Turim para enfrentar a Juventus com um único objetivo: garantir de forma antecipada a classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões.

Um empate era suficiente, e de olho no jogo contra o Valencia no próximo domingo (26), pelo Campeonato Espanhol, o técnico Ernesto Valverde deixou Messi e Jordi Alba no banco.

O empate em 0 a 0 garantiu a vaga ao time catalão, e deixou a Velha Senhora com o alerta ligado na briga com o Sporting pela última vaga no Grupo D.

Confira os resultados e a classificação depois de cinco rodadas:

Grupo A:

1 – Manchester United (Inglaterra): 12 pontos

2 – Basel (Suíça): 9 pontos (+4 gols de saldo)

3 – CSKA Moscou (Rússia): 9 pontos (-1 gols de saldo)

4 – Benfica (Portugal): 0 pontos

CSKA Moscou (Rússia) 2 X 0 Benfica (Portugal)

Basel (Suíça) 1 X 0 Manchester United (Inglaterra)

Grupo B:

1 – Paris Saint-Germain (França): 15 pontos

2 – Bayern de Munique (Alemanha): 12 pontos

3 – Celtic (Escócia): 3 pontos

4 – Anderlecht (Bélgica): 0 pontos

Anderlecht (Bélgica) 1 X 2 Bayern de Munique (Alemanha)

Paris Saint-Germain (França) 7 X 1 Celtic (Escócia)

Grupo C:

1 – Chelsea (Inglaterra): 10 pontos

2 – Roma (Itália): 8 pontos

3 – Atlético de Madrid (Espanha): 6 pontos

4 – Qarabag (Azerbaijão): 2 pontos

Qarabag (Azerbaijão) 0 X 4 Chelsea (Inglaterra)

Atlético de Madrid (Espanha) 2 X 0 Roma (Itália)

Grupo D:

1 – Barcelona (Espanha): 11 pontos

2 – Juventus (Itália): 8 pontos

3 – Sporting (Portugal): 7 pontos

4 – Olympiacos (Grécia): 1 ponto

Juventus (Itália) 0 X 0 Barcelona (Espanha)

Sporting (Portugal) 3 X 1 Olympiacos (Grécia)

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *