Palmeiras 100% na Libertadores

Palmeiras passa fácil pelo Melgar e vence a segunda na Taça Libertadores da América.

Felipe Melo, Ricardo Goulart e Deyverson marcam e levam o Verdão aos seis pontos no Grupo F.

Com facilidade, o Palmeiras venceu a segunda partida na Taça Libertadores da América e já deu um importante passo para avançar ao mata-mata.

Muito superior tecnicamente, o Verdão dominou a partida desde o início, praticamente não sofreu sustos e venceu o Melgar (Peru) por 3 a 0, nesta terça-feira (12) à noite, na arena. Felipe Melo, Ricardo Goulart e Deyverson marcaram.

A vitória deixa o Palmeiras em ótima situação no Grupo F para se classificar à próxima fase com certa tranquilidade.

A equipe de Felipão chega aos seis pontos. San Lorenzo e Melgar dividem o segundo lugar, com um.

Os argentinos enfrentam o Junior Barranquilla, derrotado pelo alviverde na estreia, nesta quarta, em casa.

Muito superior tecnicamente, o Palmeiras controlou a partida na arena.

O Verdão teve bom desempenho na etapa inicial, com segurança na defesa e agilidade no ataque.

As chances surgiram nos lances pelo alto. Gómez e Deyverson pararam em boas defesas do goleiro Cáceda após escanteios. Estava claro qual era o caminho.

Aos 26 minutos do primeiro tempo, Dudu cobrou mais um escanteio para a área, Goulart desviou na primeira trave e Felipe Melo apareceu na segunda para marcar.

O Melgar pouco fez. Cuesta chegou a marcar, mas a arbitragem anulou acertadamente por impedimento.

Apesar da superioridade, Felipe Melo quase deixou o time com uma menos.

O volante deu uma entrada violenta por trás em Arias e recebeu só o cartão amarelo.

Antes do fim, Deyverson roubou a bola do zagueiro, mas chutou torto.

O Palmeiras voltou do intervalo errando mais passes do que no primeiro tempo, mas, mesmo assim, continuou muito melhor do que os peruanos.

O segundo gol surgiu em outro lance pelo alto.

Scarpa cruzou, o goleiro Cáceda e a defesa vacilaram, e Ricardo Goulart desviou de cabeça na pequena área.

Logo depois, Scarpa fintou o goleiro, mas não conseguiu finalizar.

O Verdão seguiu em cima. Cáceda evitou o terceiro em desvio da própria zaga.

Coube a Deyverson fechar o placar, aos 15 minutos do segundo tempo, ao passar por dois rivais na área e bater forte.

O Palmeiras volta a jogar pela Taça Libertadores da América no dia 2 de abril, contra o San Lorenzo, às 19h15 (horário de Brasília), na Argentina.

Pelo Paulistão, o Verdão faz o clássico com o São Paulo, sábado (16), às 16h30 (horário de Brasília), no Pacaembu.

Benedetto marca, Boca desencanta no segundo tempo e vence o Tolima.

O Boca Juniors amassou o Tolima na noite desta terça-feira (12) na Bombonera, pelo menos no segundo tempo.

Após uma primeira etapa ruim, e com os colombianos assustando, os argentinos desencantaram nos 45 minutos finais e venceram por 3 a 0.

Destaque para Benedetto, carrasco do Palmeiras na última Libertadores, que anotou um dos gols.

Perez (contra) e Zárate fizeram os outros tentos da partida.

Com o resultado, o time xeneize chega aos quatro pontos em dois jogos e assumiram a liderança do Grupo G da Taça Libertadores da América.

O Tolima está com três, mas pode ser ultrapassado por Athletico-PR ou Jorge Wilstermann, caso haja um vencedor no confronto, que será realizado nesta quinta-feira (14).

O Boca volta agora suas atenções para o Campeonato Argentino.

No domingo (17), a equipe vai enfrentar o San Martín Tucumán, fora de casa.

Pelo Colombiano, o Tolima mede forças com o Atlético Húlia.

A primeira boa oportunidade do confronto foi do time colombiano.

Em bola esticada, Albornoz recebe, gira e chuta.

Porém, a bola vai pela linha de fundo. Na sequência, a equipe acertou a trave com Banguero.

Nos primeiros minutos, o Tolima era bem superior, mesmo jogando na temida Bombonera.

O time xeneize melhorou parcialmente.

Mesmo assim, o Tolima seguia superior. Vasquez aos 27 minutos do primeiro tempo, mandou um canudo de fora da área, assustando o goleiro Andrada.

Sem pressionar muito, o Boca Juniors finalmente assustou.

Villa conseguiu boa escapada pela direita e rolou para Benedetto.

Na hora de finalizar, contudo, o camisa 9 pegou fraco na bola, de graça para o arqueiro do rival.

Contando com o apoio de sua fanática torcida, o Boca Juniors foi aos poucos criando boas oportunidades.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, Lopez cabeceou por cima do gol.

Entretanto, o placar não se movimentou e o jogo ficou no 0 a 0 no primeiro tempo.

Na etapa final, o clube xeneize enfim desencantou.

Aos 3 minutos do segundo tempo, em falta cobrada para a área, Marco Perez foi cortar e acabou marcando contra, abrindo o placar na Bombonera.

O gol deu tranquilidade ao Boca Juniors, tanto que a porteira abriu.

Benedetto, sempre ele, aproveitou bom cruzamento do lateral-esquerdo Más para anotar o terceiro.

Por fim, Carlitos Tevez acionou Mauro Zárate, um dos melhores em campo para decretar o 3 a 0 em 15 minutos.

Assustado, o Tolima pouco conseguiu produzir.

O time assistia ao baile do Boca na etapa final, enquanto os argentinos tocavam bem a bola, buscando mais gols. Porém, manteram o placar final incontestável de 3 a 0.

No Uruguai, Nacional vence o Atlético-MG, que segue sem pontuar no Grupo E.

Bergessio faz o único gol da partida; Galo soma duas derrotas na fase de grupos da Taça Libertadores da América e fica em situação delicadíssima na chave.

O Atlético-MG entrou em campo na noite desta terça-feira (12), no Uruguai, contra o Nacional, precisando vencer para se recuperar no Grupo E da Taça Libertadores da América, já que estreou com derrota em casa, para o Cerro Porteño, na última semana.

Não deu.

O time teve uma atuação muito ruim, praticamente não criou chances claras de gol durante o jogo e foi castigado no segundo tempo, com o gol do atacante Bergessio, que garantiu a vitória para o time da casa.

Após a derrota em Montevidéu, o Atlético-MG, agora, volta as atenções para o Campeonato Mineiro.

Neste domingo (17), às 16 horas (horário de Brasília), enfrenta o América-MG, no Mineirão.

Pela Taça Libertadores da América, o Galo volta a jogar apenas no dia 3 de abril, contra o Zamora, da Venezuela, também no Gigante da Pampulha.

Grêmio joga mal, perde para o Libertad na Arena e cai para terceiro no Grupo H.

Tricolor cria pouco na primeira partida em casa na Taça Libertadores da América e é punido com gol nos acréscimos do primeiro tempo.

A Arena recebeu 32 mil pessoas para impulsionar o Grêmio à liderança do Grupo H da Taça Libertadores da América na noite desta terça-feira (12).

Porém, tudo deu errado, e o Tricolor acaba a segunda rodada na terceira posição na chave.

Em uma atuação pouco inspirada, o time de Renato Gaúcho perdeu por 1 a 0 para o Libertad, que soube segurar o ímpeto brasileiro desde o início.

De quebra, o time paraguaio encerrou com a invencibilidade de 10 jogos dos gaúchos.

Com a vitória, o Libertad sobe para seis pontos e 100% de aproveitamento, na liderança do Grupo H.

O Grêmio sai da zona de classificação e fica em terceiro, com um.

As duas equipes voltam a jogar somente no dia 4 de abril, uma quinta-feira.

O Grêmio vai ao Chile enfrentar a Universidad Católica, às 19 horas (horário de Brasília), enquanto o Libertad recebe o Rosario Central, às 21 horas (horário de Brasília), no Defensores del Chaco.

Confira os resultados desta terça-feira (12), pela Taça Libertadores da América:

Olimpia (Paraguai) 1 X 1 Universidad de Concepción (Chile)

Sporting Cristal (Peru) 1 X 1 Gody Cruz (Argentina)

Nacional (Uruguai) 1 X 0 Atlético-MG (Brasil)

Palmeiras-SP (Brasil) 3 X 0 Melgar (Peru)

Boca Juniors (Argentina) 3 X 0 Deportes Tolima (Colômbia)

Grêmio-RS (Brasil) 0 X 1 Libertad (Paraguai)

Partida entre Tupi e Cruzeiro, pelo Estadual, é transferida para domingo (17) em função de atraso na viagem de time venezuelano ao Brasil.

Taça Libertadores da América: Cruzeiro-MG (Brasil) X Deportivo Lara (Venezuela) é adiado para quinta-feira (14), às 19h15 (horário de Brasília).

Os problemas com relação à viagem da delegação do Deportivo Lara ao Brasil provocaram o adiamento do jogo com o Cruzeiro, válido pela segunda rodada do Grupo B da Taça Libertadores da América.

Inicialmente marcado para esta quarta-feira (13), a partida foi transferida pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) para quinta-feira (14), às 19h15 (horário de Brasília), no Mineirão.

Desde segunda, Cruzeiro e Conmebol monitoravam a saída do Deportivo Lara da Venezuela.

A crise política vivida pelo país vizinho, acarretando apagões no sistema elétrico e prejudicando serviços públicos, afetou também a logística dos aeroportos locais.

Nesta terça-feira (12), a equipe venezuelana treinou em Valencia, cidade que fica a cerca de 200km de Cabudare, sede do clube.

Diante da impossibilidade da viagem, o Deportivo permaneceu em Valencia, aguardando uma posição definitiva sobre a decolagem do voo rumo a Belo Horizonte.

O adiamento também provoca mudanças na tabela do Campeonato Mineiro.

Com a mudança do jogo da Taça Libertadores da América para quinta-feira (14), a partida entre Tupi e Cruzeiro, válida pela décima rodada do Estadual, anteriormente programada para sábado (16), foi transferida para o domingo, dia 17 de março.

A nova data será oficializada em breve pela Federação Mineira de Futebol (FMF).

Confira a nota oficial do Cruzeiro:

O Cruzeiro Esporte Clube informa que, por decisão da Conmebol, a partida diante do Deportivo Lara (Venezuela), válida pela segunda rodada do Grupo B, da fase de grupos da Copa Conmebol Libertadores, foi adiada.

O confronto, previamente marcado para a noite desta quarta-feira, 13 de março, será realizado na quinta-feira, 14 de março, às 19h15, no estádio Mineirão.

A decisão tomada pela Conmebol decorreu das dificuldades que a delegação da equipe visitante tem encontrado para deixar a Venezuela em direção ao Brasil.

O Cruzeiro lamenta o ocorrido e informa que, nesta quarta-feira, comunicará aos seus torcedores toda a dinâmica para reembolso daqueles que não puderem comparecer ao jogo na nova data estabelecida pela Conmebol.

Reportagem: Globoesporte.globo.com / Gazetaesportiva.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *