NOVO VICE-LÍDER DA SÉRIE B

A Série B tem um novo vice-líder.

Neste sábado (29), com a derrota por 3 a 2 do Guarani diante do Londrina, o Vila Nova assumiu a posição do Bugre ao vencer o Figueirense.

Em Florianópolis, o Dragão venceu por 1 a 0 e, com 29 pontos, subiu na tabela.

Em Curitiba, o Paraná não deu chances ao Santa Cruz e goleou por 4 a 0.

Em Goiânia, o Goiás também fez valer o fator casa e superou o CRB por 3 a 0.

Em Campinas, o Guarani começou bem a partida e abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo.

Aos 18 minutos do primeiro tempo, Bruno Nazário abriu o placar para o Bugre.

Aos 30 minutos do primeiro tempo, Genílson ampliou.

Antes do intervalo, o Londrina descontou com Jonatas Belusso de pênalti, aos 40 minutos do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Tubarão alcançou a virada com gols de Edson Silva, aos 33 minutos do segundo tempo, e Carlos Henrique, aos 40 minutos do segundo tempo.

Os visitantes fizeram a festa no Orlando Scarpelli.

Com um golaço de Moisés, aos 3 minutos do segundo tempo, o Vila Nova venceu e aumentou a pressão em cima do Figueirense.

Com 16 pontos, o time catarinense amargou a segunda derrota consecutiva.

Com 16 pontos, o alvinegro ocupa a décima oitava posição.

No Serra Dourada, o Goiás abriu o placar aos 29 minutos do primeiro tempo com Andrezinho.

Aos 42 minutos do primeiro tempo, o Esmeraldino ampliou com Léo Gamalho.

Logo aos 3 minutos do segundo tempo, Júnior Viçosa deixou o dele e fez o terceiro do Goiás.

Aos 22 minutos do segundo tempo, o CRB teve a chance de descontar, mas Marcelo Rangel defendeu o pênalti cobrado por Neto Baiano.

Com a vitória, o time goiano chega a 23 pontos, na décima posição.

Com 25, o CRB perdeu a chance de superar o Internacional e entrar no G-4.

Em Curitiba, o Paraná Clube se mostrou mortal nos contra-ataques e goleou o Santa Cruz por 4 a 0 no Estádio Durival Britto.

Aos 19 minutos do primeiro tempo, Alemão abriu o marcador.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, Minho ampliou a vantagem paranaense.

A história se repetiu no segundo tempo e o Tricolor marcou mais duas vezes.

Aos 4 minutos do segundo tempo, Iago Maidana fez o terceiro.

Aos 8 minutos do segundo tempo, Renatinho fechou a goleada.

Com o triunfo, o Paraná subiu para a nona posição com 24 pontos.

O Santa Cruz caiu para décima segunda colocação e segue com 23 pontos.

No encerramento da décima sétima rodada, Criciúma e Boa Esporte confirmaram o bom momento vivido na Série B.

Em São Lourenço da Mata, o Tigre superou o Náutico por 2 a 1 e emendou a segundo vitória consecutiva.

Em Varginha, o Boa venceu o Luverdense por 1 a 0 e ampliou a série invicta na competição para quatro jogos.

Com gol relâmpago marcado por Silvinho aos 2 minutos do primeiro tempo, o Criciúma saiu na frente do Náutico na Arena Pernambuco.

Na volta do intervalo, o Timbu também balançou as redes nos primeiros minutos e, aos 6 minutos do segundo tempo, deixou tudo igual com Erick.

A igualdade durou pouco.

Três minutos depois do empate, aos 9 minutos do segundo tempo, Silvinho repetiu a dose e marcou o gol da vitória catarinense.

Com a vitória, o Tigre alcançou a sétima posição com 26 pontos.

Com oito, o Timbu segue na lanterna.

No Estádio Dilzon Melo, o gol da vitória mineira saiu apenas na segunda etapa.

Aos 11 minutos do segundo tempo, Thaciano aproveitou cruzamento de Reis e garantiu o triunfo dos mandantes.

Com o resultado, o Boa subiu para a décima primeira posição com 24 pontos.

Com 17, o Luverdense segue na zona de rebaixamento, na décima sétima colocação.

Reportagem: CBF.com.br

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *