NOVO FORMATO DE COTAS DE TV

A Globo reuniu no último sábado 21 clubes para apresentar um novo modelo de divisão de cotas de televisão.

Os atuais contratos dos times serão encerrados em 2018, e a nova proposta da emissora é para um ciclo de seis anos, a ser iniciado em 2019.

A novidade é o modelo mais equilibrado, mais próximo de algumas das ligas europeias.

O novo modelo passará a dividir as cotas da seguinte maneira: 40% da quantia total será espalhada igualmente entre os clubes, 30% será referente ao número de partidas transmitidas para cada equipe e, por fim, os últimos 30% serão distribuídos conforme a performance esportiva no ano anterior.

Como as negociações são individuais, a decisão da Globo não necessariamente será uma realidade.

Ainda assim, a apresentação para os clubes é o começo da negociação que visa diminuir o incômodo de alguns times com as disparidades de valores do modelo atual.

Desde 2016, a emissora carioca já vinha com o plano de mudar as cotas.

Participaram da reunião do último fim de semana América-MG, Atlético-GO, Atlético-MG, Avaí, Brasil de Pelotas, Chapecoense, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Internacional, Londrina, Náutico, Ponte Preta, São Paulo, Sport, Santa Cruz, Vasco, Vila Nova e Vitória.

A mudança da Globo tem relação com a entrada da Esporte Interativo na luta pelos direitos televisivos do Campeonato Brasileiro.

A emissora da Turner conseguiu os contratos de alguns times para os torneios nacionais de 2019 a 2024 na televisão fechada.

Na última quinta-feira, o presidente do Atlético Paranaense, Mario Celso Petraglia, afirmou em reunião no clube que as cinco equipes que fecharam com o Esporte Interativo e estão na Série A (Atlético Paranaense, Coritiba, Palmeiras, Santos e Bahia) negociarão com a Globo em conjunto pelos direitos de televisão na rede aberta no ciclo de 2019 a 2024.

A irritação do dirigente era pela divisão de todos os segmentos que envolvem direitos televisivos.

“Há uma grande injustiça na divisão do PPV.

O Atlético não se conforma com isso e vamos melhorar, assim como melhoramos a TV fechada, vamos melhorar aberta e PPV.

Acreditamos que em 2019 vamos dobrar o que recebemos”, afirmou.

Pelo menos o Santos já confirmou a negociação em conjunto. Os cinco times deverão marcar a primeira reunião em breve.

Reportagem: Máquina do Esporte

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *