NOVA FÓRMULA DA COPA DO MUNDO

A Copa do Mundo pode ganhar disputas de pênaltis nas partidas que terminarem empatadas na fase de grupos, caso a última proposta para o Mundial levantada por Gianni Infantino, presidente da Fifa, seja aprovada.

Entre os cinco projetos para a competição a partir de 2026, o formato com 48 times divididos em 16 grupos de três equipes pode render problemas no desempate entre as seleções, o que fez com que as penalidades fossem cogitadas para dar pontuação bônus.

De acordo com a Associated Press, os membros do Conselho da Fifa, que se reunirá em janeiro, receberam cinco propostas para a Copa do Mundo a partir de 2026: dois formatos com 48 times, dois com 40 equipes, e a manutenção das 32 seleções, como funciona atualmente.

O formato defendido atualmente por Infantino teria 48 equipes divididas em 16 grupos de três times, com os dois primeiros avançando para os playoffs.

Os finalistas continuariam jogando um total de sete partidas.

Para evitar problemas em critérios de desempate, dirigentes cogitam a ideia de disputas de pênaltis nos jogos da primeira fase que terminarem empatados.

O outro formato com 48 times teria um playoff inicial com 32 times, com os 16 vencedores se juntando às outras 16 seleções na fase de grupos, mas encontrou resistência porque 16 equipes estariam eliminadas após apenas uma partida.

Nos formatos com 40 seleções, as seleções seriam divididas em oito grupos de cinco times, ou quatro chaves de 10 equipes.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *