NOITE MÁGICA DO PSG

A partida entre Paris Saint-Germain e Bayern de Munique nesta quarta-feira (27), pelo Grupo B da Liga dos Campeões, foi digna de um verdadeiro sonho para os torcedores franceses.

Uma bela atuação coletiva da equipe de Paris, várias chances de gol e clima de paz entre Neymar e Cavani, que marcaram, comemoraram juntos e colocaram um ponto final, pelo menos por enquanto, após dias de polêmica sobre quem deve ser o cobrador de pênaltis da equipe.

Daniel Alves abriu o caminho para a vitória por 3 a 0, após assistência de Neymar.

Tem Lukaku em campo, tem gol.

O Manchester United contou com mais uma boa atuação de seu atacante, que chegou aos 10 gols em 9 partidas, para vencer o CSKA com autoridade, fora de casa, pela segunda rodada da Liga dos Campeões.

O belga abriu o placar logo aos 4 minutos e fez mais um, aos 26 minutos do primeiro tempo, aproveitando bobeada da defesa adversária.

E poderia ter feito mais, não fosse as ótimas intervenções do goleiro Akinfeev.

Mkhitaryan e Martial completaram o placar para os Red Devils, enquanto Kuchaev diminuiu para os russos já no fim do jogo.

Um ponto seria bom.

Mas três pontos são bons demais.

Com esse espírito, o Chelsea venceu o Atlético de Madrid dentro do Metropolitano no primeiro jogo de Champions do rival na nova casa.

Sob os olhares (frustrados) de Diego Costa, o time inglês saiu atrás no placar, mas conseguiu uma virada épica na etapa final, com direito a gol no último lance do jogo.

O triunfo por 2 a 1 mantém o time de Antonio Conte, que já se mostrava contente com o empate, com 100% de aproveitamento na liderança isolada do Grupo C.

O Barcelona não precisou de inspiração para conquistar sua segunda vitória na Liga dos Campeões.

Pelo contrário: teve uma atuação apagada na tarde desta quarta-feira (27), em Lisboa, e jogou apenas o suficiente para vencer o Sporting por 1 a 0 e assumir a liderança isolada do Grupo D.

O gol da partida foi contra, marcado pelo zagueiro Coates, depois de uma cobrança de falta de Messi.

Aliás, um jogo especial para o argentino, que se tornou o terceiro jogador com mais partidas na história do clube catalão.

Reserva pelo segundo jogo consecutivo, Higuaín entrou em campo aos 15 minutos do segundo tempo e não demorou para mostrar sua importância para a Juventus.

Muito aplaudido pela torcida ao substituir Cuadrado, o argentino precisou de 8 minutos e 17 segundos para transformar a pressão italiana em gol e abrir o placar em Turim nesta quarta-feira (27).

“Pipita” ainda iniciou a jogada do segundo gol, com o chute de Dybala sendo salvo em cima da linha, mas Mandzukic aproveitando a sobra para garantir o 2 a 0 sobre o Olympiacos, pela segunda rodada do Grupo D da Liga dos Campeões.

Confira outros resultados desta quarta-feira (27), dos grupo A ao D:

Grupo A – CSKA Moscou (Rússia) 1 X 4 Manchester United (Inglaterra)

Grupo A – Basel (Suíça) 5 X 0 Benfica (Portugal)

Grupo B – Paris Saint-Germain (França) 3 X 0 Bayern de Munique (Alemanha)

Grupo B – Anderlecht (Bélgica) 0 X 3 Celtic (Escócia)

Grupo C – Qarabag (Azerbaijão) 1 X 2 Roma (Itália)

Grupo C -Atlético de Madrid (Espanha) 1 X 2 Chelsea (Inglaterra)

Grupo D – Sporting (Portugal) 0 X 1 Barcelona (Espanha)

Grupo D – Juventus (Itália) 2 X 0 Olympiacos (Grécia)

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *