NOITE DOS BRASILEIROS

Nesta quarta-feira (5), mais quatro brasileiros entraram em campo pela Copa Sul-Americana na Primeira Fase.

O Corinthians jogando em casa, na Arena Itaquera, venceu a Universidad de Chile pelo placar de 2 a 0.

No primeiro tempo, o time chileno jogou melhor e criou as principais chances de gol.

O Corinthians controlou a partida e conseguiu marcar.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, Gabriel chuta de fora da área, o goleiro desviou, e a bola explodiu no travessão.

Guilherme Arana pegou o rebote, Herrera salvou novamente, mas Rodriguinho apareceu na área para desviar e abrir o placar.

Corinthians 1 a 0.

No intervalo um fato desagradável, a torcida chilena arremessou algumas cadeiras para o lado da torcida corintiana.

A Universidad veio com a intensão de empatar.

Mas, aos 23 minutos do segundo tempo, Jadson cobrou a falta, Jô desviou de cabeça, e a bola sobrou na entrada da área para o meio-campista.

Chutar de fora da área e acertar o canto do goleiro Johnny Herrera.

Corinthians 2 a 0.

Jô e Clayton tiveram duas grandes oportunidades de ampliar, mas o goleiro Johnny Herrera fez a defesa.

Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians recebe o Botafogo, às 16 horas de domingo (9), na arena, no segundo jogo das quartas de final.

Depois do 0 a 0, em Ribeirão Preto, um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Quem vencer avança às semifinais.

O resultado coloca o Corinthians em ótima condição para avançar no torneio internacional.

O Timão para a segunda fase mesmo se perder por um gol de diferença, dia 10 de maio, em Santiago.

Com a regra do gol fora de casa, se marcar um na casa do adversário, pode perder por dois de diferença.

Final, Corinthians-SP (Brasil) 2 Universidad de Chile (Chile) 0.

No Maracanã, o Fluminense conseguiu uma grande vitória por 2 a 0 sobre o Liverpool do Uruguai.

Com os dois gols ainda no primeiro tempo.

Aos 23 minutos do primeiro tempo, Wellington fez linda jogada individual e cruzou pelo lado direito para o companheiro tocar com o pé direito para o gol.

O goleiro De Amores chegou a tocar com a mão na bola, mas não evitou o gol.

Fluminense 1 a 0.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, Sornoza cruzou pelo lado esquerdo e Díaz cortou parcialmente de cabeça.

O Fluminense foi na pressão pela bola, que sobrou para Richarlison girou bonito e mandou de voleio para o gol, contando com desvio na zaga.

Fluminense 2 a 0.

O Fluminense voltou a atuar no Maracanã depois de 142 dias.

O Fluminense virou a chave e deixou a Sul-Americana para o dia 10 de maio, data do jogo de volta em Montevidéu, a equipe de Abel Braga avança à segunda fase mesmo com derrota por um gol de diferença.

Neste domingo (9), o Tricolor encara o Botafogo, às 16 horas (de Brasília), pela semifinal da Taça Rio.

Final, Fluminense-RJ (Brasil) 2 Liverpool (Uruguai) 0.

No Moisés Lucarelli, a Ponte Preta pressionou o Gimnasia de La Plata, perdeu muitas oportunidades e não conseguiu levar vantagem para a partida de volta.

Finalista na temporada 2013, quando perdeu o título para o Lanús, a Ponte Preta terá que pelo menos marcar um gol no confronto de volta, na Argentina, para se classificar.

O time que vencer o duelo marcado para o dia 9 de maio (terça-feira), às 21h45no Estádio Del Bosque, em La Plata, estará na segunda fase.

Mas o empate com gols garante à Macaca o direito de seguir da Sul-Americana por ter feito um gol na casa do adversário.

Uma nova igualdade sem gols levará a decisão para a cobrança de pênaltis.

Final, Ponte Preta-SP (Brasil) 0 Gimnasia La Plata (Argentina) 0.

Já o São Paulo foi outro brasileiro que entrou em campo contra o Defensa y Justicia na Argentina e ficou no empate em 0 a 0.

O Tricolor criou algumas oportunidades com Wellington Nem e Lucas Pratto.

No segundo tempo, o lateral Buffarini foi expulso depois de receber o segundo cartão amarelo.

E o São Paulo segurou o placar até os minutos finais.

A partida de volta entre brasileiros e argentinos será apenas no dia 11 de maio, às 21h45, no Estádio do Morumbi.

Um novo empate sem gols leva a decisão da vaga na próxima fase para os pênaltis.

Igualdades com gols dá a classificação ao Defensa y Justicia.

Quem vencer, avança.

Final, Defensa y Justicia (Argentina) 0 São Paulo-SP (Brasil) 0.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *