NACIONAL CONQUISTOU O TERCEIRO LUGAR

Nacional ficou com o terceiro lugar, ao vencer o América do México nos pênaltis.

A partida começou com as duas equipes buscando o gol.

O América do México atacava e o Nacional contra-atacava.

Aos 6 minutos do primeiro tempo, Uribe fez um bom lançamento para Berrío na entrada da área, Samudio tentou fazer o corte, mas errou o alvo e marcou gol contra.

Atlético Nacional 1 a 0.

O América após sofreu o gol deu muito trabalho ao goleiro Armani.

E teve pelo menos duas chances claras com Sambueza e Romero.

Aos 26 minutos do segundo tempo, Berrío tabelou com Macnelly Torres e fez o cruzamento rasteiro para Guerra chutar de primeira e mandar por cima do goleiro Muñoz para fazer 2 a 0.

Atlético Nacional 2 a 0.

Mosquera teve a chance de ampliar para 3 a 0, mas acertou a trave do goleiro Moisés Muñoz.

Aos 38 minutos do primeiro tempo, Sambueza abriu a jogada com Samudio, que fez o cruzamento rasteiro para Arroyo, que dominou e chutou para diminuir para 2 a 1.

No segundo tempo, o Atlético voltou pressionando e Guerra fez o goleiro Moisés Muñoz trabalhar.

Romero teve a chance de empatar, mas o goleiro Armani defendeu.

Macnelly Torres teve a chance de fazer o terceiro.

Mas, a finalização foi com displicência.

No cruzamento, Díaz deu um tranco em Samudio na disputa pelo alto, lance continuou, Oribe Peralta teve o chute bloqueado, e o árbitro apitou o pênalti.

Jogadores do Atlético Nacional reclamaram muito.

Aos 20 minutos do segundo tempo, Oribe Peralta cobrou com força, Armani passou da bola, e a partida ficou empatada no Japão.

Borja nos minutos finais ainda teve a chance de colocar o Atlético Nacional.

E a decisão foi para os pênaltis.

Para o Atlético Nacional marcaram Jhon Mosquera, Bocanegra, Macnelly Torres e Miguel Borja.

Nieto perdeu a cobrança.

O América marcou com Darwin Quintero, Oribe Peralta e Arroyo.

Osvaldo Martínez e Samudio perderam as duas cobranças.

Final, Atlético Nacional de Medellín (Colômbia) terceiro lugar 2 (4) América (México) com o quarto lugar 2 (3).

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *