MUNDIAL SUB-20 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA

De Maradona a Messi, alguns dos maiores craques do futebol já disputaram o torneio, que não terá o Brasil neste ano.

Venezuela e Alemanha abrem a competição na madrugada desta sexta-feira (19) para sábado (20).

Sentiu falta da bandeira do Brasil?

Pois é.

Os garotos da seleção sub-20 terminaram o Sul-Americano do Equador na quinta colocação e não conseguiram se classificar para a Coreia do Sul.

A campanha, inclusive, custou o cargo do campeão olímpico Rogério Micale à frente da equipe.

Será a terceira vez que o Brasil, recordista em participações no Mundial, ficará fora do torneio.

As outras foram em 1979, no Japão, e 2013, na Turquia.

Os maiores campeões

Além de recordista em participações, o Brasil é o segundo maior vencedor do Mundial Sub-20. São cinco conquistas: 1983, 1985, 1993, 2003 e 2011 (essa última com Coutinho, Oscar, Casemiro e Dudu).

Só a Argentina, com seis títulos, venceu mais.

A lista dos vencedores

Argentina – 6 (1979, 1995, 1997, 2001, 2005, 2007)

Brasil – 5 (1983, 1985, 1993, 2003, 2011)

Portugal – 2 (1989, 1991)

Sérvia – 1 (2015)

França – 1 (2013)

Gana – 1 (2009)

Espanha – 1 (1999)

Iugoslávia – 1 (1987)

Alemanha – 1 (1981)

União Soviética – 1 (1977)

E Agüero é o maior campeão

Foi o único jogador até hoje que conquistou a taça duas vezes: em 2005, na Holanda, e em 2007, no Canadá.

O maior artilheiro também é argentino.

Trata-se de Javier Saviola, que marcou 11 gols na edição de 2001, quando a albiceleste disputou e venceu em casa.

Dez já venceram a Copa e o Mundial Sub-20

Xavi, Casillas, Marchena, Maradona, Muller e os brasileiros Bebeto, Dida, Dunga, Jorginho e Taffarel.

Outros 22 campeões mundiais no profissional disputaram a edição sub-20, mas não levaram a taça.

Ao todo, 674 participaram dos dois torneios, entre eles Raúl, Ronaldinho, Essien, Kaká, Iniesta, Messi, Agüero e Oscar.

De Ronaldinho a Messi: os craques no Mundial Sub-20

Mais “ibagens” dos craques em ação no torneio

Alguns nomes que já levaram a Bola de Ouro no torneio

1979: Diego Maradona (Argentina)

1983: Geovani (Brasil)

1985: Silas (Brasil)

1989: Bismarck (Brasil)

1993: Adriano (Brasil)

1995: Caio Ribeiro (Brasil)

1999: Seydou Keita (Mali)

2001: Javier Saviola (Argentina)

2003: Ismail Matar (Emirados Árabes)

2005: Lionel Messi (Argentina)

2007: Sergio Agüero (Argentina)

2011: Henrique Almeida (Brasil)

2013: Paul Pogba (França)

2015: Adama Traoré (Mali)

Desde a primeira edição, em 1977, 90 países já disputaram o Mundial Sub-20.

Os novatos da vez são: Vanuatu, da Oceania, e Vietnã, da Ásia (que disputa a sua primeira competição de primeira linha da Fifa).

Curiosidades

Monday Odiaka levou 14 segundos para, com a camisa da Nigéria, marcar o gol mais rápido do Mundial Sub-20.

Foi contra o Canadá, na edição de 1985, na União Soviética.

O Brasil de Zé Elias e Fernandão é responsável pelas maiores goleadas da história do torneio.

Foi na Malásia, em 1997, quando a Argentina saiu com a taça.

Naquela ocasião, a seleção sub-20 atropelou a Coreia por 10 a 3 na primeira fase e depois goleou a Bélgica por 10 a 0 nas oitavas.

Todos os 20 treinadores campeões mundiais no sub-20 representavam as seleções de seus países de origem.

Os últimos cinco campeões não conseguiram se classificar para as edições seguintes: foi assim com a atual detentora da taça, Sérvia, neste ano, com a França em 2015, com o Brasil em 2013, com Gana em 2011 e com a Argentina em 2009.

Apenas duas seleções levantaram a taça em casa: Portugal de Rui Costa e João Pinto em 1991 e Argentina de Saviola e D’Alessandro em 2001.

Esta será a primeira competição de base a usar o auxílio de vídeo na arbitragem.

E chegamos à Coreia do Sul

Favoritos

Mesmo sem contar com Mbappe, que estava cotado para disputar o torneio, a França surge como uma das principais forças. Portugal e Uruguai, campeão sul-americano, também estão bem cotados.

A FIFA ainda coloca Coreia, Zâmbia, Estados Unidos e México como possíveis surpresas.

Fique de olho

Jean-Kevin Augustin, atacante de 19 anos da França e do PSG

Cameron Carter-Vickers , zagueiro de 19 anos dos EUA e do Tottenham

Patson Daka, atacante de 18 anos da Zâmbia e do RB Salzburg

Exequiel Palacios, meia de 18 anos da Argentina e do River Plate

Lee Seungwoo, atacante de 19 anos da Coreia e do Barça B

Rodrigo Bentancur, meia de 19 anos do Uruguai e da Juventus

Os caçulas

Ousseynou Niang

Takefusa Kubo

Manuel Roffo

Alessandro Plizzari

Christian Makoun

Filhos de craques…

E o Mundial da Coreia terá alguns herdeiros de craques consagrados.

Jonathan Klinsmann

Nascido em Newport Beach, na Califórnia, o filho do ídolo alemão Jurgen Klinsmann defenderá a meta dos Estados Unidos no Mundial Sub-20.

Diferente do ex-zagueiro Lilian Thuram, seu pai, Marcus joga no ataque da seleção francesa e Sochaux.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *