Mais uma goleada rubro-negra

Flamengo repete placar e atropela o São Francisco-BA por 11 a 0 pelo Brasileirão Feminino Sub-18.

Rubro-negras aplicaram a mesma goleada contra o Vitória-PE na última rodada.

Fazer 11 gols parece ter virado algo comum para as Meninas da Gávea.

Depois de golear o Vitória-PE na última quarta-feira (17), o Flamengo voltou a campo nesta quinta-feira (18) com mais fome de gols e derrotou o São Francisco pelo mesmo placar: 11 a 0, em jogo válido pela terceira rodada do Grupo E, na Arena Pernambuco.

O placar elástico começou logo cedo.

No fim do primeiro tempo, o Rubro-Negro já vencia o time baiano por 6 a 0.

Os gols foram marcados por Tuane, Maria Peck, Marcely (contra), Juliana, Thalita e Larissa.

Destaque para o gol marcado pela capitã Larissa, que acertou um chute muito forte de fora da área e marcou um bonito gol, o último da primeira etapa.

Mesmo com a vitória garantida, as rubro-negras voltaram do vestiário muito concentradas e balançaram as redes do São Francisco mais cinco vezes.

Thalita, duas vezes, Vitória, Samara e Maria Peck fizeram os gols.

A goleada na Arena Pernambuco, no entanto, não é a maior do Brasileirão Sub-18.

Na primeira rodada, o Santos venceu o Foz Cataratas por 12 a 0 e detém o placar mais elástico da competição até aqui.

O Flamengo volta a campo neste sábado (20), às 10 horas (horário de Brasília), contra o mesmo São Francisco-BA, no Estádio Barbosão, na cidade de Chã Grande, em Pernambuco.

O Rubro Negro é o líder do Grupo E, com 7 pontos.

Já o time baiano ocupa a terceira posição, com 3 pontos.

Apenas o primeiro colocado de cada um do seis grupos garante vaga na próxima fase.

Juntam-se a eles os dois melhores segundos colocados.

Vasco vence o Paysandu e fica a um empate da vaga para as quartas do Brasileiro Feminino Sub-18.

Depois de ficar duas vezes em desvantagem no placar, time consegue a vitória por 4 a 2, nesta quarta-feira (17), em Belém.

O Vasco levou alguns sustos, chegou a ficar duas vezes em desvantagem no placar, mas venceu por 4 a 2 o Paysandu, nesta quarta-feira (17), no Mangueirão, pelo Brasileiro Feminino Sub-18.

O resultado deixou o time na liderança isolada do Grupo F, com 13 pontos.

Para garantir a vaga nas quartas de final sem depender de outros resultados, o Vasco precisa apenas de um empate com o Pinheirense-PA, sexta-feira (19), também no Mangueirão.

Assim, terminará em primeiro lugar no grupo, que conta também com o Iranduba, que venceu o Pinheirense nesta quarta-feira (17) por 9 a 0.

O Paysandu chegou a sair na frente no primeiro tempo, com um gol contra de Vitória.

O Vasco empatou com uma falta de Kayane, que contou com a colaboração da goleira Vitoria.

Na sequência, o clube de Belém ficou novamente na frente com Mikaelle, de cabeça.

Mas Amanda empatou antes do intervalo.

No segundo tempo, o Vasco virou o jogo com um belo gol de Ana Clara.

O time ainda marcou mais um gol, em cobrança de falta de Gabi, em nova falha da goleira Vitoria.

No Brasileiro Feminino Sub-18, o primeiro colocado de cada um dos seis grupos se classificam para as quartas de final. Também garantem vaga na próxima etapa os dois melhores segundos colocados.

Com oito gols no segundo tempo, Iranduba amassa o Pinheirense e passa o Vasco.

Time amazonense tomou a liderança momentânea do grupo F, com os mesmos 10 pontos do Vasco, que ainda joga na rodada, contra o Paysandu.

O Iranduba dominou o Pinheirense-PA do início ao fim e goleou o rival por 9 a 0, nesta quarta-feira (17), no no estádio Mangueirão, em Belém, pelo Brasileiro Feminino Sub-18.

A equipe amazonense marcou oito vezes só no segundo tempo e chegou aos mesmos 10 pontos do Vasco, mas assume a ponta provisória do grupo F por conta do saldo de gols.

O time carioca ainda joga na rodada.

Em tarde inspirada, Julia Beatriz marcou quatro gols.

Marília marcou duas vezes, enquanto Thainara, Maria Vitória e Laura deixaram sua marca.

O Iranduba volta a campo na sexta-feira (19), contra o Paysandu, pela última rodada da fase de grupos, às 15h30 (horário de Brasília).

O Pinheirense encara o Vasco, às 18 horas (horário de Brasília), também na sexta, no Mangueirão.

O pinheirense iniciou melhor.

Em contra-ataque, aos 5 minutos do primeiro tempo, a atacante Nayra ganhou da zaga na corrida e chutou na saída da goleira do Hulk.

A defesa amazonense tirou a bola em cima da linha e evitou o gol.

As meninas do Iranduba chegaram pela primeira vez a meta adversária aos sete minutos.

Julia Beatriz chutou de dentro da grande área, mas a bola foi para fora.

Aos 26 minutos do primeiro tempo, Laura, do Iranduba, cobrou falta na entrada da área.

A bola bateu no travessão.

No lance seguinte, Nayra, atacante do Pinheirense, apareceu mais uma vez com perigo.

Ela ganhou da defesa na corrida, mas chutou em cima de Alice.

O Hulk respondeu logo com dois ataques perigosos.

Julia saiu na cara da goleira paraense, mas chutou na trave.

Aos 30 minutos do primeiro tempo, Paulinha arrancou do meio campo e ficou cara a cara com a goleira adversária, mas adiantou demais a bola e desperdiçou.

Paulinha teve mais uma chance clara de abrir o placar aos 36.

A atacante ficou de frente para o gol, mas, novamente, adiantou demais a bola, dando tempo da goleira Jamily chegar.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, a goleira do Pinheirense voltou a aparecer.

Até que, depois de muito insistir, o Hulk da Amazônia conseguiu marcar aos 40 minutos do primeiro tempo.

Maria Vitória cobrou o escanteio, e Marília desviou de cabeça.

Apesar de mudarem o lado, a partida começou da mesma maneira que acabou o primeiro tempo.

Aos 5 minutos do segundo tempo, Julia saiu na cara do gol, mas a goleira Jamily defendeu.

Dois minutos depois, aos 7 minutos do segundo tempo, o Hulk quase marcou, mas Jamily, em tarde inspirada, defendeu de novo.

Quando ela não apareceu, foi a trave quem salvou.

Assim aconteceu aos 9 minutos do segundo tempo, depois do chute de Paulinha.

Aos 17 minutos do segundo tempo, a árbitra da partida, Elaine da Silva Melo, marcou pênalti para o Iranduba após toque de mão do Pinheirense dentro da área.

Júlia foi para a bola e converteu.

No lance seguinte, aos 20 minutos do segundo tempo, Julia marcou o segundo dela.

A atleta arrancou do meio campo e chutou na saída de Jamily.

O Pinheirense-PA parecia ter sentido o gol.

Aos 24 minutos do segundo tempo, o Iranduba chegou ao quarto tento com Thainara.

Em tarde iluminada, Julia chegou ao terceiro gol aos 24 minutos do segundo tempo.

Atacante recebeu lançamento, driblou a goleira e marcou.

Não perca as contas: 5 a 0.

Aos 33 minutos do segundo tempo, Marília recebeu lançamento do maio campo, arrancou e marcou o sexto do Iranduba.

O sétimo gol saiu logo em seguida, com Maria Vitória, em contra-ataque.

Sem recuar, as meninas chegaram ao oitavo gol com Laura, depois de chutar de fora da área.

O nono gol saiu com Julia Beatriz, o quarto dela no jogo, aos 43 minutos do segundo tempo.

Com quatro de Maria Peck, Flamengo goleia Vitória-PE por 11 a 0 no Brasileiro Feminino Sub-18.

Depois de adiamento por falta de luz no estádio, partida foi realizada na manhã desta quarta

As meninas do Flamengo não tomaram conhecimento do Vitória-PE e golearam o time pernambucano na manhã desta quarta-feira (17) por 11 a 0.

Os gols foram marcados por Maria Peck (quatro), Nilis (três), Juliana, Vitória, Luisa e Aline (contra).

No outro jogo do Grupo E, o Vitória venceu por 4 a 2 o São Francisco-BA.

O jogo, no Estádio Ademir Cunha, seria realizado na manhã de terça-feira (16), mas, por falta de luz, foi adiado para esta quarta.

O Flamengo abriu 6 a 0 ainda no primeiro tempo e fechou a goleada na segunda etapa.

Apesar de expressiva, essa não foi a maior goleada da competição: na primeira rodada do grupo A, o Santos venceu o Foz Cataratas por 12 a 0.

Com o resultado, o Flamengo assumiu a liderança do Grupo E, com quatro pontos, mesma pontuação do Vitória, mas com vantagem no saldo de gols.

Na primeira rodada, os líderes empataram em 2 a 2.

O Flamengo volta a campo nesta quinta-feira (18), às 10 horas (horário de Brasília), na Arena de Pernambuco, contra o São Francisco-BA.

No mesmo loca, o Vitória enfrenta o Vitória-PE, às 15 horas (horário de Brasília).

Apenas o primeiro colocado de cada um do seis grupos garante vaga na próxima fase.

Juntam-se a eles os dois melhores segundos colocados.

Brasileiro Feminino Sub-18: por falta de luz, rodada do Grupo E, que conta com Flamengo e Vitória, é adiada.

Jogos previstos para a noite desta terça-feira (16) serão realizados na quarta-feira (17).

Sede de Paulista, em Pernambuco, ainda tem Vitória-PE e São Francisco-BA

Os times do Grupo E, com sede de Paulista, em Pernambuco, do Brasileiro Feminino Sub-18, não têm vida fácil.

Nesta terça-feira (16), os jogos Flamengo-RJ X Vitória-PE e São Francisco-BA X Vitória-PE foram adiados por falta de luz e serão realizados nesta quarta-feira (17), às 10 horas (horário de Brasília) e 15 horas (horário de Brasília), respectivamente.

São Francisco-BA X Vitória-BA chegou a ser iniciado.

O primeiro tempo terminou empatado em 1 a 1, mas não teve condições de ser reiniciado.

Flamengo-RJ X Vitória-PE aconteceria em seguida.

A primeira rodada do Grupo E já havia apresentado problemas.

Um dilúvio no domingo (14) interrompeu o jogo entre Flamengo e Vitória ao fim do primeiro tempo, com o placar em 1 a 1.

Os dois times voltaram a campo na segunda-feira (15), e o jogo terminou empatado em 2 a 2.

Na sequência, São Francisco venceu por 7 a 2 o Vitória-PE.

Apenas o primeiro colocado do cada um dos seis grupos garante vaga diretamente para a próxima fase.

Os dois melhores segundos colocados também se classificam.

Santos vence o Kindermann e mantém liderança do Grupo A no Brasileirão Feminino Sub-18.

Peixe fez 3 a 1 e se isolou na primeira colocação, com 6 pontos.

O Santos venceu bem o Kindermann, por 3 a 1, na segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18.

Com o resultado, as Sereias da Vila se isolaram na liderança do Grupo A, com 6 pontos, dois a mais que o vice-líder Atlético-MG, que empatou na rodada.

A partida foi realizada no estádio Caçador, em Santa Catarina, sede do Grupo A da competição.

Amanda Guitierrez marcou duas vezes na partida.

O primeiro gol foi aos 29 minutos do primeiro tempo e o segundo foi aos 13 minutos do segundo tempo.

Aos 18 minutos do segundo tempo, Analuyza fez o dela e encaminhou a vitória santista.

Antes do apito final, porém o Kindermann ainda conseguiu diminuir o placar, mas não foi o suficiente para que a equipe tivesse uma reação no jogo.

Na próxima rodada, o Santos enfrenta o Atlético-MG, na quinta-feira (18), às 13h30 (horário de Brasília), em jogo que vale a liderança e que encerra o primeiro turno da primeira fase.

Já o Kindermann, lanterna do Grupo A, joga contra o Foz Cataratas, no mesmo dia, às 15h30. Ambas as partidas serão realizadas no estádio Caçador.

São Paulo vence Botafogo e mantém ponta isolada no Grupo C do Brasileirão Feminino Sub-18.

Ana e Rafael fazem os gols tricolores, ambos marcados no segundo tempo; goleira alvinegra Isabela, que já falhara no empate com a Ponte Preta, leva frango.

As meninas do São Paulo seguem absolutas no Grupo C do Brasileirão Feminino Sub-18.

Na tarde desta terça-feira, em Bálsamo, no interior paulista, venceram por 2 a 0 o Botafogo.

O resultado mantém o Tricolor na liderança isolada da chave, com duas vitórias em mesmo número de partidas.

Ana marcou o primeiro gol, aos 12 minutos do segundo tempo.

Arriscou de fora da área, e Isabela, que já falhara nos acréscimos do empate com a Ponte Preta por 1 a 1, no último domingo (14), levou um frangaço. Rafaela, de pênalti, completou o placar.

Botafogo e São Paulo estão no Grupo C do Brasileirão Sub-18, juntamente com Cruzeiro e Ponte Preta.

Com uma a menos, Iranduba empata com Vasco e equilibra grupo no Brasileiro sub-18.

Hulk dominou primeiro tempo, saiu na frente, mas levou virada relâmpago e ainda perdeu Nathy, expulsa, e conseguiu empatar mesmo assim.

Jogo terminou 3 a 3, em Belém.

Iranduba e Vasco empataram em 3 a 3 na tarde desta segunda-feira (15), no estádio Mangueirão, em Belém, pela quarta rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro Feminino sub-18.

O Hulk chegou dominar o primeiro tempo, abriu o placar, mas levou a virada em nove minutos na etapa complementar.

Com o resultado, o Cruz-Maltino mantém a liderança da chave F, agora com 10 pontos, três a mais que o Verdão, que tem sete, duas rodadas do fim.

Vale dizer que apenas o líder avança com certeza à segunda fase.

O vice, que por enquanto é o Iranduba, disputa com outros grupos.

O Iranduba começou o jogo dominando completamente o Vasco.

Adiantada, a equipe pressionou a equipe carioca povoando densamente o campo de ataque, e criando grandes oportunidades num curto espaço de tempo.

Aos 4 minutos do primeiro tempo, Adyla cobrou falta levantando a bola na área, e achou Flávia que, de costas para o gol, cabeceou e quase surpreendeu a goleira vascaína, que optou pelo golpe de vista e viu a bola tocar o travessão antes de sair.

Aos 13 minutos do primeiro tempo, Julia fez bela jogada pela direita, cruzou à meia altura, e encontrou Amanda, que escorou a bola para Paulinha, que de frente para o gol, encheu o pé, mas parou na goleira, que espalmou para fora.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, Ana Paula arriscou um chute de fora da área, a bola tocou na zaga e sobrou para Júlia, que levou até a linha de fundo, chegou a driblar a goleira e cruzar para trás.

O placar só não foi inaugurado porque Vitória conseguiu interceptar e evitar a continuidade do lance.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, enfim a insistência do Iranduba foi premiada.

Após a zaga do Vasco sair jogando mal, Laura recebeu no meio e deslocou um passe longo de categoria para Paulinha, que dentro da área, tentou o chute, errou a bola, e sem querer encobriu a goleira Alice, ficando com o gol aberto.

Na segunda etapa, o jogo mudou completamente.

Logo na volta do intervalo, o Vasco empatou num pênalti.

Com 9 minutos do segundo tempo, com um gol de falta de Gabi, o cruzmaltino já estava na frente.

O lance da falta ainda rendeu uma expulsão de Nathy, do Iranduba, que ainda teve que buscar o empate duas vezes com uma jogadora a menos.

Aos 17 minutos do segundo, Júlia fez boa jogada pela esquerda, cruzou rasteiro, a goleira Alice chegou dividindo com o ataque e a bola sobrou para Marília, que livre de marcação pegou a sobra e deixou tudo igual.

Mas nem deu tempo de comemorar.

Na saída de bola, Larissa recebeu um passe longo nas costas da defesa, saiu cara a cara com a goleira do Iranduba e não perdoou: 3 a 2

Precisando da vitória, o Iranduba partiu pra cima, mesmo estando em desigualdade numérica.

Aos 32 minutos do segundo tempo, Flávia cobrou falta de fora da área, pegou muito embaixo da bola, que subiu demais e caiu já dentro do gol, surpreendendo a goleira, que optou pelo golpe de vista e se deu mal.

Em “jogo de dois dias”, Flamengo e Vitória empatam pela estreia do Brasileiro Feminino Sub-18.

Equipe ficam no 2 a 2 e terminam partida nesta segunda após jogarem 45 minutos domingo (14).

Depois do dilúvio que interrompeu o jogo no último domingo (14), Flamengo e Vitória voltaram a campo debaixo de sol na tarde desta segunda-feira (15) para terminar a partida no Estádio Ademir Cunha.

Após jogarem só o primeiro tempo e empatarem por 1 a 1, as equipes concluíram a etapa final com mais um gol para cada lado e estrearam com empate no Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18.

Emily e Thalita marcaram os primeiros gols no domingo (14).

Nesta segunda-feira (15), o Flamengo saiu na frente com Maria Peck e esteve muito perto de vencer, mas o Vitória buscou o empate com um gol de pênalti de Jamille nos acréscimos no segundo tempo.

Com o resultado, as duas equipes rubro-negras somam um ponto e ocupam provisoriamente a liderança do Grupo E.

Porém, podem ser ultrapassadas por Vitória-PE ou São Francisco-BA, que fecham a rodada da chave, que acontece em Paulista, no litoral de Pernambuco.

Botafogo e Ponte Preta empatam por 1 a 1 na estreia no Brasileiro Feminino Sub-18.

Alvinegro carioca sai na frente, mas Macaca busca igualdade. São Paulo lidera o grupo

Botafogo e Ponte Preta empataram por 1 a 1 na estreia pelo Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18, em Bálsamo, cidade do interior de São Paulo, na tarde deste domingo (14).

O Alvinegro carioca saiu na frente com Débora Alves, mas a Macaca buscou o empate.

Em jogo truncado, Gloriosas saem na frente, mas empatam em 1 a 1 diante da Ponte Preta na estreia do Campeonato Brasileiro Sub-18.

O gol alvinegro foi marcado pela atacante Débora Alves.

O Botafogo volta a campo na terça-feira (16), às 14h30 (horário de Brasília), diante do São Paulo.

As equipes estão no Grupo C da competição, que também tem São Paulo e Cruzeiro.

O Tricolor paulista, que venceu a equipe mineira por 3 a 0, ocupa a liderança e é o próximo adversário do Botafogo.

Dilúvio interrompe jogo do Brasileiro Feminino Sub-18 entre Vitória e Flamengo.

Depois do fim do primeiro tempo, com empate em 1 a 1, arbitragem decide reiniciar o confronto na segunda-feira (15), às 15 horas (horário de Brasília).

Pela primeira rodada do Grupo E do Brasileiro Feminino Sub-18, com sede em Paulista-PE, um dilúvio interrompeu o jogo entre Vitória e Flamengo, na tarde deste domingo (14).

O primeiro tempo ainda foi realizado, mesmo com as péssimas condições do gramado, e terminou empatado em 1 a 1, com gols de Emily e Thalita, respectivamente.

O reinício está marcado para segunda-feira (15), às 15 horas (horário de Brasília).

O árbitro Michelangelo Martins de Almeida Junior demorou para tomar a atitude de paralisar o jogo com a anuência de Murilo Falcão, diretor da Federação Pernambucana.

O outro jogo do Grupo E, entre Vitória-PE e São Francisco-BA, que seria iniciado às 17h45 (horário de Brasília), também está adiado para segunda-feira (15).

O palco dos jogos é o Estádio Ademir Cunha.

Confira os resultados de domingo, 14 de julho, até quinta-feira, 18 de julho:

Domingo, 14 de julho:

Foz Cataratas-PR 0 X 12 Santos-SP (Grupo A)

Kindermann-SC 1 X 3 Atlético-MG (Grupo A)

Ferroviária-SP 0 X 3 Chapecoense-SC (Grupo B)

Internacional-RS 4 X 2 Corinthians-SP (Grupo B)

São Paulo-SP 3 X 0 Cruzeiro-MG (Grupo C)

Ponte Preta-SP 1 X 1 Botafogo-RJ (Grupo C)

Segunda-Feira, 15 de julho:

Bahia-BA 0 X 1 Minas Icesp-DF (Grupo D)

Fluminense-RJ 2 X 0 Palmeiras-SP (Grupo D)

Vitória-BA 2 X 2 Flamengo-RJ (Grupo E)

Vitória-PE 2 X 7 São Francisco-BA (Grupo E)

Iranduba-AM 3 X 3 Vasco-RJ (Grupo F)

Paysandu-PA 3 X 4 Pinheirense-PA (Grupo F)

Terça-Feira, 16 de julho:

Atlético-MG 2 X 2 Foz Cataratas-PR (Grupo A)

Santos-SP 3 X 1 Kindermann-SC (Grupo A)

Corinthians-SP 1 X 1 Ferroviária-SP (Grupo B)

Chapecoense-SC 1 X 1 Internacional-RS (Grupo B)

Botafogo-RJ 0 X 2 São Paulo-SP (Grupo C)

Cruzeiro-MG 1 X 1 Ponte Preta-SP (Grupo C)

Quarta-Feira, 17 de julho:

Bahia-BA 0 X 2 Palmeiras-SP (Grupo D)

Minas Icesp-DF 2 X 3 Fluminense-RJ (Grupo D)

São Francisco-BA 2 X 4 Vitória-BA (Grupo E)

Flamengo-RJ 11 X 0 Vitória-BA (Grupo E)

Pinheirense-PA 0 X 9 Iranduba-AM (Grupo F)

Paysandu-PA 2 X 4 Vasco-RJ (Grupo F)

Quinta-Feira, 18 de julho:

Atlético-MG 0 X 3 Santos-SP (Grupo A)

Kinderaman-SC 8 X 0 Foz Cataratas-PR (Grupo A)

Corinthians-SP 0 X 4 Chapecoense-SC (Grupo B)

Internacional-RS 5 X 0 Ferroviária-SP (Grupo B)

Botafogo-RJ 0 X 0 Cruzeiro-MG (Grupo C)

Ponte Preta-SP 0 X 8 São Paulo-SP (Grupo C)

Flamengo-RJ 11 X 0 São Francisco-BA (Grupo E)

Vitória-BA 9 X 0 Vitória-PE (Grupo E)

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *