MAIS UMA DERROTA COLORADA

Neste sábado (22), o Internacional conheceu a sua quarta derrota no Campeonato Brasileiro da Série B, desta vez para o Vila Nova-GO no vazio Estádio do Serra Dourada, em Goiânia.

O Tigre foi punido depois da confusão contra o Goiás no final do mês de junho pela décima rodada.

O time goiano com a vitória voltou a G-4.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Alípio abriu o placar para o Vila, tocou rasteiro na saída do goleiro Danilo Fernandes.

Aos 25 minutos do segundo tempo, William Pottker de pênalti empatou para o Internacional, o goleiro Luís Carlos chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol.

E aos 45 minutos do segundo tempo, Mateus Anderson completou o cruzamento de Tiago Adan.

Com a vitória, o Vila Nova chegou a 26 pontos e vai retornando ao G-4, ainda depende de tropeço do CRB.

O Internacional estacionou nos 24 e caiu para a sexta posição.

O Tigre volta a campo apenas no próximo sábado (29), quando visita o Figueirense no Orlando Scarpelli.

O Internacional joga antes, na terça-feira (25): vai receber o Oeste no Beira-Rio.

Final, Vila Nova-GO 2 Internacional-RS 1.

No Heriberto Hülse, o Criciúma venceu o ABC por 2 a 1.

Gols de Lucão (aos 41 minutos do primeiro tempo) e Caio Rangel (aos 17 minutos do segundo tempo – Criciúma); Adalberto (aos 9 minutos do segundo tempo – ABC).

O time potiguar chegou a oitava derrota seguida neste Série B.

No Estádio do Café, no norte paranaense, Londrina e Náutico ficaram no 0 a 0.

Na Arena Barueri, o Oeste venceu o Juventude pelo placar de 3 a 0, e freou o time de Caxias na busca pela liderança.

Gols de Danielzinho (aos 15 minutos do primeiro tempo), Mazinho (aos 40 minutos do primeiro tempo) e Lidio (aos 8 minutos do segundo tempo – Oeste).

No Estádio Bento Freitas, em Pelotas, o Brasil venceu o Paysandu pelo placar de 2 a 1.

Gols de Itaqui cobrando falta (aos 31 minutos do primeiro tempo) e Nem (aos 11 minutos do segundo tempo – Brasil de Pelotas); e o Papão chegou a descontar com Marcão (aos 27 minutos do segundo tempo).

E No Estádio Rei Pelé, outra equipe que tentava voltar a liderança era o Guarani que ficou no empate.

Gols de Adalberto (aos 45 minutos do segundo tempo – CRB); Diego Jussani (aos 48 minutos do segundo tempo).

Quem agradeceu a derrota do Juventude e o empate do Bugre foi o América-MG, que terminou a décima sexta posição na ponta com 3 pontos contra 28 do Guarani e 27 do Juventude.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *