MAIS UM TÍTULO

A Seleção Brasileira de futebol de areia conquistou o título do Mundialito de Beach Soccer com goleada sobre a Itália por 8 a 2, neste domingo (23).

O campeonato é uma preparação que os brasileiros para as Eliminatórias da Conmebol, em fevereiro de 2017 , no Paraguai, classificatório para a Copa do Mundo FIFA.

Depois de uma primeira fase difícil contra o Japão vencida nos pênaltis, os comandados de Gilberto Costa fizeram ótimas partidas com direito a goleadas sobre o México e na decisão contra a Itália.

Desde que assumiu o comando da equipe, o técnico segue invicto, com 11 vitórias em 11 jogos.

E se engana quem pensa que o excelente retrospecto e a conquista do Mundialito fará o técnico Gilberto descansar.

Os três jogos foram importantes porque exigiu muitos dos jogadores brasileiros durante a competição.

O goleiro Mão recebeu o troféu de “Melhor Goleiro”, Mauricinho foi o “Artilheiro” da competição com cinco gols e Ozu, do vice-campeão Japão que venceu o México por 8 a 0, foi eleito o “Melhor Jogador”.

Na manhã deste domingo (23), a Seleção Brasileira entrou em quadra nas areias da praia do Gonzaga, em Santos, motivados e confiantes para conquistar o título.

A Itália sem possibilidade de conquistar o torneio fez uma partida de igual com o Brasil.

O jogo começou disputado e com contra-ataques perigosos da Itália.

Porém foi o Brasil quem abriu o placar, com gol de Catarino. 1 a 0 no resultado parcial.

No segundo tempo o jogo foi mais agitado, Mauricinho e Bokinha fizeram mais dois para equipe verde-amarela.

Palmacci e Zurlo diminuíram a vantagem brasileira, em 3 a 2.

O terceiro tempo foi emocionante e com atuação de gala dos brasileiros.

Com uma torcida vibrante que lotava as arquibancadas da arena montada em Santos, a Seleção foi para a última etapa com fôlego e ótimo entrosamento, marcando cinco gols.

Nelito fez o quarto gol, Bokinha marcou o quinto, Lucão aumentou.

O autor do quarto gol marcou novamente e Mauricinho, artilheiro da competição com seis gols, fechou a goleada. 8 a 2.

A festa no pódio foi ao lado do pequeno Lucca Becceneri, de 3 anos, que nasceu com paralisia cerebral e está arrecadando doações para que possa ser submetido a uma cirurgia nos Estados Unidos.

Lucca está com a Seleção Brasileira desde o último sábado, hospedado no hotel onde a equipe está concentrada.

Final, Brasil campeão 8 Itália 2.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *