Liderança da Bolívia!!!

Sampaio vence Santa Cruz e assume liderança do grupo A na Série C.

Tricolor maranhense alcança terceira vitória consecutiva e chega aos 24 pontos.

Tricolor pernambucano não vence há quatro jogos, está em sétimo lugar e pode ver distância ao G-4 aumentar ao fim da rodada.

Na noite desta quinta-feira (18), o Sampaio Correa venceu o Santa Cruz por 1 a 0, no Castelão.

O único gol do jogo foi marcado por Roney e os donos da casa ainda viram Salatiel perder um pênalti no primeiro tempo.

Com a vitória, o Sampaio chega aos 24 pontos e assume a liderança provisória do grupo A da Série C, enquanto o Santa Cruz está na sétima colocação com 17 pontos (já são quatro jogos sem vitórias).

O time maranhense volta a campo na próxima quinta-feira (25), diante do Ferroviário, no Presidente Vargas, enquanto o tricolor pernambucano encara o ABC no dia 27, no Frasqueirão.

O Sampaio começou o jogo pressionando o Santa Cruz no campo defensivo.

No contra-ataque, o Santinha teve a primeira boa chance do jogo, com Kadu, que acertou o travessão do goleiro Andrey.

A resposta do Sampaio não demorou com Roney, que fez grande jogada pela esquerda e invadiu a área para chutar forte e abrir o placar no Castelão.

A pressão dos mandantes rendeu um pênalti aos 36 minutos do primeiro tempo, mas na cobrança, Salatiel parou duas vezes no goleiro Anderson, que impediu o Tricolor maranhense ampliar a vantagem ainda no primeiro tempo.

Anderson impede vantagem maior dos maranhenses: Na volta para o segundo tempo, o Santa Cruz tentou pressionar o Sampaio para chegar ao empate.

A primeira grande chance foi quando Pipico achou Misael, que finalizou na grande área e Andrey fez boa defesa.

O Tricolor coral voltou a assustar com Warley, que novamente parou na defesa de Andrey.

O Sampaio teve a chance de selar o triunfo em um contra-ataque, onde João Paullo driblou Anderson e finalizou, mas Lucas Gonçalves impediu o segundo gol em cima da linha.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *