LIBERTAD SAIU NA FRENTE

O Libertad deu um grande passo rumo à sua segunda semifinal de Sul-Americana.

Os paraguaios foram melhores e venceram o Racing por 1 a 0 na noite desta terça-feira (24), no Defensores del Chaco, em jogo de ida pelas quartas de final da competição.

Agora, o Repollero joga pelo empate para ser um dos quatro melhores do torneio.

O jogo de volta é no dia 1º de novembro, na próxima quarta-feira, no El Cilindro, em Buenos Aires.

Toda a tradição, peso e paixão da torcida do Racing, que esteve presente no Defensores del Chaco, ficou só na arquibancada.

O Libertad foi dominante.

Manteve mais a posse de bola, levou perigo com Bareiro e Medina e contou com a experiência de Óscar Cardozo para chegar ao gol da vitória.

O camisa 9, de 34 anos, fez grande jogada de pivô e deu a bola para Salcedo, aos 25 minutos do primeiro tempo, marcar para os donos da casa: 1 a 0.

O Racing era pouco criativo e desperdiçava as raras chances que tinha.

Triveiro, aos 29 minutos do primeiro tempo, teve a melhor em seus pés.

Recebeu na marca do pênalti, livre, e mandou para longe.

Na segunda etapa, o Libertad seguiu mais organizado.

Era quem mais se mantinha no ataque.

A Academia pouco exigiu do goleiro Muñoz e sai em desvantagem.

Reportagem: Globoesporte.globo.com

Adaptação: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *