JUVENTUS PERTO DA VAGA

Jogando no Estádio do Dragão, em Porto, o Juventus dominou os portugueses e levou uma excelente vantagem para o jogo de volta.

Os gols foram marcados no segundo tempo.

Aos 26 minutos Pjaca começou a jogada pelo lado direito e tocou para Dybala, que tentou o passe para Liechtsteiner.

A bola desviou na zaga do Porto e voltou nos pés de Pjaca, que apareceu livre na cara do goleiro Casillas e chutou para marcar.

Juventus 1 a 0.

E aos 29 minutos do segundo tempo, Alex Sandro dominou pelo lado esquerdo e fez um senhor cruzamento para Daniel Alves que chegou dominando no peito completando para o gol, sem chances para o goleiro Casillas.

Juventus 2 a 0.

A partida no Estádio do Dragão também marcou o encontro entre duas lendas das últimas décadas do futebol europeu: Casillas e Buffon.

Os dois goleiros, porém, viveram situações bem distintas no jogo.

Enquanto o espanhol precisou trabalhar bastante devido à pressão do Juventus, o italiano não teve que fazer nenhuma grande defesa.

Ao fim do jogo, uma conversa e um abraço.

Os gols só saíram no segundo tempo, mas o lance decisivo para a partida desta quarta ocorreu no meio do primeiro tempo.

Na verdade, foram dois.

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Alex Telles chegou de forma dura em Cuadrado e levou o cartão amarelo.

A jogada seguiu após a cobrança da falta, e o Juventus foi ao ataque.

Quando Liechtsteiner avançava pelo lado esquerdo, o brasileiro tentou travá-lo com um carrinho, mas chegou atrasado.

Os jogadores do Juventus pressionaram o árbitro, que mostrou o segundo cartão amarelo e mandou o lateral mais cedo para os vestiários.

O jogo de volta será dia 14 de março, às 16h45 no Juventus Stadium, em Turim, Itália.

Final, Porto (Portugal) 0 Juventus (Itália) 2.

No Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilla, os espanhóis abriram 2 a 0, mas sofreu um gol do Leicester City que deixou a decisão em aberta.

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Sergio Escudero fez o cruzamento na segunda trave.

Por trás da defesa, Sarabia apareceu como uma flecha e cabeceou com violência no canto de Schmeichel, que nada pôde fazer.

A bola ainda bateu caprichosamente na trave antes de entrar.

Sevilla 1 a 0.

Aos 16 minutos do segundo tempo, Joaquín Correa foi lançado dominou no peito fez a proteção da jogada e chutou forte para marcar.

Sevilla 2 a 0.

Aos 27 minutos do segundo tempo, Leicester descolou o espaço pelo lado esquerdo, Drinkwater, perto da linha de fundo, cruzou rasteiro para a área e encontra Vardy livre.

O atacante só desviou com a perna direita para alimentar a esperança do Leicester nestas oitavas de final.

A partida de volta será dia 14 de março, às 16h45, no Leicester Stadium.

Final, Sevilla (Espanha) 2 Leicester City (Inglaterra) 1.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *