JUVE CARIMBOU A VAGA

A Juventus confirmou a classificação para a final da Liga dos Campeões da Europa ao vencer novamente o Mônaco, jogando no Juventus Stadium, pelo placar de 2 a 1.

O jogo começou com uma pressão do Mônaco que tinha maior posse de bola, mas não conseguia concluir ao gol, defendido por Buffon.

Foram 10 finalizações e goleiro Subasic fez quatro defesas monumentais evitando que o placar não fosse maior.

E a Juventus saiu vencendo por 2 a 0.

Aos 32 minutos do primeiro tempo, contra-ataque rápido do time italiano que rodou a bola até chegar em Daniel Alves que fez o cruzamento e Mandzuckic cabeceou, o goleiro Subasic espalmou, mas não evitou a conclusão do croata.

Juventus 1 a 0.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, cobrança de escanteio o goleiro Subasic fez o corte parcial e a bola sobrou para Daniel Alves que pegou de primeira e marcou um lindo gol.

Juventus 2 a 0.

Higuaín ainda chegou a balançar as redes, mas foi marcado impedimento.

No segundo tempo, a Juventus controlou os primeiros minutos.

Já o Mônaco tentava pressionar mais a saída de bola dos italianos.

Mbappé quase descontou, mas o goleiro Buffon fez grande defesa.

Aos 23 minutos do segundo tempo, João Moutinho fez a jogada pelo lado esquerda, cruzou rasteiro, a bola passou pelo goleiro Buffon, e Mbappé apareceu na pequena área para diminuir o placar em 2 a 1.

O Mônaco foi para o tudo ou nada, tentar mais gols.

A Juventus com a vantagem cadenciava a partida e buscava o terceiro gol nos contra-ataques.

E a partida foi um pouco tensa com muita discussão entre os jogadores.

A Juventus voltará a disputar a final da Liga dos Campeões da Europa depois de duas temporadas.

Aguarda o confronto desta quarta-feira (10), às 15h45, no Estádio Vicente Calderón entre Atlético de Madrid (Espanha) e Real Madrid (Espanha).

No primeiro jogo o Real Madrid venceu por 3 a 0.

Final, Juventus (Itália) classificada 2 Mônaco (França) eliminado 1.

O jogo da final será dia 3 de junho, no Millenium Stadium, em Cardiff, no País de Gales.

Reportagem: Eduardo Oliveira

Revisão de Texto: Ana Cristina Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confirme que você não é um robô. *